Acreditar Produtores de Materiais de Referência Você também pode conhecer este serviço como: Cgcre do Inmetro
Solicitar
Última Modificação: 12/11/2019
  • O que é?

    Acreditação de produtores de materiais de referência, garantindo confiança aos clientes. O serviço é o reconhecimento da competência técnica (acreditação) de laboratórios de ensaio, calibração, análises clínicas, provedores de ensaio de proficiência e produtores de material de referência, além do reconhecimento da conformidade aos princípios de Boas Práticas de Laboratório. Tais serviços visam prover confiança nas atividades de avaliação da conformidade prestadas por estes organismos tendo em vista a avaliação de uma terceira parte (Cgcre) independente no processo.

  • Quem pode utilizar este serviço?

    Produtores de Materiais de Referência

    Os produtores devem estar cadastrados no sistema Orquestra, utilizado pelo Inmetro para automatizar alguns de seus processos de negócio.

     

  • Etapas para a realização deste serviço
    1. Requerer acreditação

      Documentação

      Documentação em comum para todos os casos
      • CNPJ

      • Comprovante de pagamento

      • Contrato Social

      • CPF

      Custos

      • Taxa de acreditação   R$ 2.230,00

      Canais de prestação

        Web : 

      Tempo de duração da etapa

      Não estimado ainda
    2. Receber acreditação

      Canais de prestação

        E-mail : 

      E-mail individual do gestor de acreditação.

      Tempo de duração da etapa

      Não estimado ainda
  • Outras Informações
    Quanto tempo leva?
    Não estimado ainda

    Para mais informações ou dúvidas sobre este serviço, entre em contato

    dicla@inmetro.gov.br


    Este é um serviço do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia . Em caso de dúvidas, reclamações ou sugestões favor contactá-lo.

    Tratamento a ser dispensado ao usuário no atendimento

    O usuário deverá receber, conforme os princípios expressos na lei nº 13.460/17, um atendimento pautado nas seguintes diretrizes: Urbanidade; Respeito; Acessibilidade; Cortesia; Presunção da boa-fé do usuário; Igualdade; Eficiência; Segurança; e Ética.


    Informações sobre as condições de acessibilidade, sinalização, limpeza e conforto dos locais de atendimento

    O usuário do serviço público, conforme estabelecido pela lei nº13.460/17, tem direito a atendimento presencial, quando necessário, em instalações salubres, seguras, sinalizadas, acessíveis e adequadas ao serviço e ao atendimento.


    Informação sobre quem tem direito a tratamento prioritário

    Tem direito a atendimento prioritário as pessoas com deficiência, os idosos com idade igual ou superior a 60 anos, as gestantes, as lactantes, as pessoas com crianças de colo e os obesos, conforme estabelecido pela lei 10.048, de 8 de novembro de 2000.


Esta informação foi útil para você?