Notícias

Oportunidade

Professores podem ser capacitados para alfabetização de estudantes com deficiência

Promovido em parceria com a UFSCar, o curso será realizado a distância e terá 1.200 vagas
Publicado em 06/02/2020 20h14
Libras

Curso terá carga horária de 180 horas - Foto: Divulgação

O Ministério da Educação (MEC) vai promover a capacitação de 1.200 professores no curso de Aperfeiçoamento em Alfabetização para Estudantes com Deficiência. A formação será na modalidade à distância e terá carga horária de 180 horas. As aulas começam em maio e seguem até outubro. A capacitação é gratuita e tem como público-alvo professores de educação básica dos sistemas públicos de ensino dos estados, municípios e do Distrito Federal.

A Secretaria de Modalidades Especializadas de Educação (Semesp) é a unidade do MEC responsável por promover a iniciativa, bem como a Diretoria de Educação Especial e da Rede Nacional de Formação de Profissionais da Educação (Renafor), do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), em parceria com a Universidade Federal de São Carlos (UFSCar).

As inscrições vão até 20 de março. Para participar é necessário passar por processo seletivo com análise documental que comprove a atuação na educação básica no sistema público de ensino. O resultado final da seleção será publicado no site do curso no dia 30 de março.

Conheça o edital para o curso de capacitação para alfabetização de estudantes com deficiência.

Com informações do Ministério da Educação.