Notícias

Auxílio Emergencial

Cidadania lança cartilha sobre benefício para grupos populacionais tradicionais

O guia traz informações e orientações sobre cadastro, documentação, datas de pagamento e Cadastro Único
Publicado em 13/05/2020 18h41
Comunidade indígena

Inauguração da Casa de Cultura Kayapó na aldeia Moxkarakô, S.Félix do Xingu, PA. - Foto: Madeleyne Ferreira/Funai.

Para ajudar os mais vulneráveis neste momento de calamidade pública decorrente da crise do novo coronavírus,  o Ministério da Cidadania criou uma cartilha sobre o Auxílio Emergencial com informações específicas para grupos populacionais tradicionais. De acordo com a pasta, a cartilha pretende facilitar o acesso a informações para esses públicos. 

Fazem parte do Grupos Populacionais Tradicionais Específicos (GPTE): indígenas, quilombolas, ribeirinhos, extrativistas, pescadores artesanais, comunidades tradicionais, agricultores familiares, assentados, acampados e pessoas em situação de rua.

O guia traz informações e orientações sobre o acesso ao Auxílio Emergencial, datas de pagamento, documentação, Cadastro Único, entre outros. O Ministério da Cidadania reconhece que as pessoas pertencentes aos grupos tradicionais, normalmente, residem em aldeias ou comunidades afastadas dos centros urbanos ou de difícil acesso, e têm maior dificuldade em encontrar informações.

Acesse a cartilha aqui 

 Com informações do Ministério da Cidadania