Notícias

Relações Exteriores

Mais de 13 mil brasileiros já voltaram ao País com a ajuda do Itamaraty

O Governo Federal se esforça principalmente para facilitar o regresso de brasileiros que estão em países que possuem cancelamento de voos comerciais pelas companhias aéreas
Publicado em 15/04/2020 13h36 Atualizado em 21/04/2020 18h55
Mais de 13 mil brasileiros já retornaram ao Brasil com a ajuda do Itamaraty

Na Índia, o Itamaraty embarcou 121 brasileiros e 6 familiares estrangeiros - Foto: MRE

O Itamaraty informou nesta semana que já ajudou no retorno de mais de 13 mil brasileiros que estavam no exterior impedidos de voltar ao Brasil devido a medidas de restrição à circulação e cancelamentos de voos de companhias aéreas causados pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19). A ajuda está sendo feita por meio de suas embaixadas e consulados.

As medidas incluem viabilizar embarques e colocar brasileiros em voos comerciais organizados por outros países, liberação de vistos emergenciais para os cidadãos que estão em locais com essa exigência e deslocamento em regiões com restrições de trânsito. 

Confira as últimas ações: 

 
  • Paris: embarcaram no voo do MRE, vindo de Londres, brasileiros retidos na França (48), Bélgica (22), Luxemburgo (8) e Suíça (9). Destes, o consulado do Brasil na Bélgica transportou 22 até o embarque. 
  • Londres: o Itamaraty, por meio das embaixadas em Dublin e Londres, embarcou, em voo fretado, 40 brasileiros retidos na Irlanda e 193 no Reino Unido. O voo fará escala em Paris para embarque de outros brasileiros.
  • África: por meio das embaixadas em Acra, Lomé e Adis Abeba, o Itamaraty, auxiliou a repatriação de brasileiros que se encontravam retidos em Acra. Após cruzarem a fronteira entre Gana e Togo, o grupo partiu de Lomé e encontra-se em trânsito com destino ao Brasil;
  • Portugal: o Itamaraty iniciou nesta quinta-feira (16) o embarque de mais 1490 brasileiros retidos em Portugal, que serão repatriados ao longo dos próximos dias em diversos voos organizados pela Embaixada em Lisboa e pelos consulados do Brasil em Portugal;
  • Argentina: por meio do consulado em Buenos Aires, o Itamaraty embarcou, ontem à noite, em 4 ônibus, 122 brasileiros que se encontravam retidos na Argentina. O comboio deve chegar a Uruguaiana na manhã de hoje. Até o momento, já foram repatriados 494 brasileiros que se encontravam retidos na Argentina. 
  • Kuaite: o Itamaraty, por meio da embaixada no Kuaite, auxiliou o embarque, em voo especial comercial, de 24 brasileiros que se encontravam retidos no Kuaite. Após conexão em Frankfurt, o grupo seguirá para o Brasil; e 
  • Peru: por meio da embaixada em Lima, o Itamaraty embarcou hoje de volta ao Brasil mais 156 brasileiros e cônjuges estrangeiros que permaneciam retidos. Até o momento, 1.258 brasileiros retidos no Peru já foram repatriados. Este será o 9º voo de repatriação de brasileiros que sairá do Peru desde a declaração do estado de emergência no país, em 16 de março.

  • Índia: na terça-feira (14), o Itamaraty, por meio do consulado em Mumbai, na Índia, embarcou 121 brasileiros e seis familiares estrangeiros em voo de repatriação humanitário. O voo também transportou sete uruguaios em caráter humanitário. Além disso, por meio da Embaixada em Délhi, embarcou 207 brasileiros e dez familiares estrangeiros em voo de repatriação humanitário. Os brasileiros encontravam-se espalhados por 35 localidades indianas e no Nepal. 
 

Veja o histórico de ações do Itamaraty 

Auxílio consular

O Ministério das Relações Exteriores organizou em Brasília (DF) o Grupo Consular de Crise (G-Con), que funciona de forma integrada com as embaixadas e consulados. O grupo tem cinco equipes organizadas por área geográfica, formadas por servidores em Brasília e nos postos. 

O MRE também disponibilizou um formulário emergencial de auxílio consular para os brasileiros no exterior que estão sendo afetados pela crise do novo coronavírus.
O Itamaraty tem enviado alertas por meio dos perfis da embaixada ou consulado de cada região, além de informar pelo portal consular. Lá, é possível encontrar informações sobre medidas de restrição de circulação determinadas pelo governo local, voos de volta ao Brasil, medidas de apoio aos brasileiros e contatos dos agentes consulares.

Acesse os perfis de mídias sociais dos consulados e embaixadas.

Com informações do Itamaraty