Notícias

MJSP lança versão em espanhol do curso Crimes Cibernéticos

Capacitação, que oferece noções básicas do tema, é voltada para agentes de segurança pública de países membros do Mercosul
Publicado em 18/02/2021 10h44 Atualizado em 18/02/2021 10h53
MJSP lança versão em espanhol do curso Crimes Cibernéticos – Noções Básicas.png

Brasília, 18/02/2021 – O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) disponibilizou hoje (18), na Rede de Ensino a Distância da Secretaria de Gestão e Ensino em Segurança Pública (Rede EaD-Segen), o curso “Delitos Cibernéticos - Nociones básicas”, versão em espanhol do curso “Crimes Cibernéticos – Noções Básicas”. Com foco nos profissionais de segurança pública de países membros do Mercosul, esta já é a sétima capacitação disponível nesse idioma na plataforma de Ensino a Distância, da Secretaria de Gestão e Ensino em Segurança Pública (Segen/MJSP). A iniciativa é parte do compromisso assumido pelo Brasil de cooperação e fortalecimento da Segurança Pública dos países envolvidos.

Com uma carga horária de 60 horas/aula, o curso possui seis módulos que proporcionam aos alunos conhecimentos, habilidades e atitudes necessárias para atuarem de forma segura, operar os principais softwares e recursos de buscas eletrônicas que possibilitem a descoberta, a aquisição, a preservação e o processamento de dados presentes em ambiente cibernético. Ao final da capacitação, os agentes de segurança estarão preparados para orientar as vítimas e a população em geral sobre como se prevenir e se defender em relação aos crimes virtuais.

Os interessados em participar do curso devem se cadastrar na plataforma do Sistema Nacional de Informações de Segurança Pública (Sinesp) 

Após a validação dos dados do profissional, o Módulo EaD-Segen é adicionado aos sistemas e fica disponível para acesso. Para quem tem cadastro no Sinesp, basta entrar no portal com login e senha e acessar a Rede EaD-Segen.

Clique aqui para acessar o curso “Delitos Cibernéticos - Nociones básicas”

Clique aqui para acessar o canal no Telegram EaD-Segen

Justiça e Segurança