Solicitar reunião com a ANS

Solicitar reunião com a ANS
Iniciar
Avaliação: Sem Avaliação
Avaliação

O número antes das estrelas é a nota dada pelos usuários que utilizaram o serviço e vai de 1 a 5.
Depois das estrelas, entre parênteses, é a quantidade de usuários que avaliaram o serviço.
Os números são atualizados diariamente.

Iniciar
  • O que é?

    Mediante solicitação, poderá ser concedida audiência a particular por agente público em exercício na Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), para tratar de assuntos afetos às suas atribuições regimentais.

  • Quem pode utilizar este serviço?

    Interessados em processos administrativos em posse da ANS.

  • Etapas para a realização deste serviço
    1. Acessar o Protocolo Eletrônico da ANS

      ATENÇÃO: Existem duas formas de acesso ao Protocolo Eletrônico da ANS:

      1. Portal Operadoras: exclusivo para as operadoras de planos de saúde e seus representantes;
      2. SEI: para fornecedores, prestadores de serviços de saúde e pessoas físicas.

       

      Canais de prestação

        Web : 

      Portal Operadoras: Acesse o site

        Web : 

      Tempo de duração da etapa

      Atendimento imediato
    2. Solicitar reunião

      Enviar documentação necessária à formalização da solicitação de reunião. 

      Documentação

      Documentação em comum para todos os casos
      • Formulário de solicitação de reunião;

      • Documento legal de identificação;

      • Procuração, se for o caso;

      • Ato constitutivo, se for o caso, podendo ser utilizado em substituição às informações contidas no Sistema de Cadastro de Operadoras – CADOP.

      Canais de prestação

        Web : 

      Portal Operadoras: Acesse o site

        Web : 

      Tempo de duração da etapa

      Atendimento imediato
    3. Receber resposta sobre o pedido de reunião

      O responsável pela unidade organizacional a que foi direcionado o pedido de reunião entrará em contato com o interessado confirmando o local, hora e a data em que deverá ser realizada a reunião. Na ocasião da reunião, caso o participante seja distinto do relacionado no formulário de solicitação, será exigida a apresentação de procuração, que deverá ser anexada à respectiva ata.

      Canais de prestação

        Web : 

      Portal Operadoras: Acesse o site

        Web : 

      Tempo de duração da etapa

      Até 05 dia(s) útil(eis)
  • Outras Informações
    Quanto tempo leva?
    Até 05 dia(s) útil(eis) é o tempo estimado para a prestação deste serviço.

    Informações adicionais ao tempo estimado

    A data e hora do pedido sugerido pelo particular para a reunião deverá respeitar o prazo mínimo de 6 (seis) dias úteis, contados a partir do dia seguinte ao protocolo de recebimento na ANS.


    Este serviço é gratuito para o cidadão.

    Para mais informações ou dúvidas sobre este serviço, entre em contato

    Disque ANS 0800 7019656


    Este é um serviço do(a) Agência Nacional de Saúde Suplementar . Em caso de dúvidas, reclamações ou sugestões favor contactá-lo.

    Legislação
    • RN 408

      https://www.ans.gov.br/component/legislacao/?view=legislacao&task=TextoLei&format=raw&id=MzI2MQ==


    Tratamento a ser dispensado ao usuário no atendimento

    O usuário deverá receber, conforme os princípios expressos na lei nº 13.460/17, um atendimento pautado nas seguintes diretrizes:

    • Urbanidade;
    • Respeito;
    • Acessibilidade;
    • Cortesia;
    • Presunção da boa-fé do usuário;
    • Igualdade;
    • Eficiência;
    • Segurança; e
    • Ética.

    Informações sobre as condições de acessibilidade, sinalização, limpeza e conforto dos locais de atendimento

    O usuário do serviço público, conforme estabelecido pela lei nº13.460/17, tem direito a atendimento presencial, quando necessário, em instalações salubres, seguras, sinalizadas, acessíveis e adequadas ao serviço e ao atendimento.

    ATENÇÃO: Diante da suspensão temporária do atendimento presencial como medida de combate ao Coronavírus (COVID-19), as reuniões serão realizadas através de aplicativo de reunião online. 


    Informação sobre quem tem direito a tratamento prioritário

    Têm direito a atendimento prioritário as pessoas com deficiência, os idosos com idade igual ou superior a 60 anos, as gestantes, as lactantes, as pessoas com crianças de colo e os obesos, conforme estabelecido pela lei 10.048, de 8 de novembro de 2000.


Esta página foi útil para você?