Prorrogar Estada no Brasil

Prorrogar Estada no Brasil
  • O que é?

    O serviço consiste em avaliar os requisitos legais, concedendo ou não a prorrogação de prazo de estada de um estrangeiro em território nacional.

  • Quem pode utilizar este serviço?

    Cidadãos estrangeiros com visto de visita no Brasil, desde que o seu país de nacionalidade permita a prorrogação de prazo de visita, de acordo com o quadro geral de regime de vistos (QGRV) do Ministério das Relações Exteriores. Para mais informações clique aqui.

  • Etapas para a realização deste serviço
    1. Requerer prorrogação

      Obter e imprimir a Guia de Recolhimento da União - GRU

      Documentação

      Documentação em comum para todos os casos
      • Documento de viagem válido: passaporte, cédula de identidade (para cidadãos do MERCOSUL e Estados associados);

        cartão de entrada e saída, recebido e preenchido na chegada ao país; comprovante de recolhimento da taxa;

         

         

      • Formulário de solicitação de renovação do prazo disponibilizado pela Polícia Federal. Clique aqui

         

      • Outros documentos e comprovantes que o agente de imigração entender necessários (comprovante de local de hospedagem, comprovação de meios de subsistência no prazo em que pretende ficar no país, passagem de volta, etc.)

      Custos

      • Taxa de Pedido de Prorrogação de Prazo de Estada   R$ 110,44

      Canais de prestação

        Web : 

      Obter e imprimir guia de recolhimento da união - GRU, clique aqui

      Tempo de duração da etapa

      Em média 20 minuto(s)
    2. Realizar entrevista

      Canais de prestação

        Presencial : 
      Tempo estimado de espera Até 72 hora(s)

      Tempo de duração da etapa

      Em média 20 minuto(s)
  • Outras Informações
    Quanto tempo leva?
    Até 72 hora(s) é o tempo estimado para a prestação deste serviço.

    Informações adicionais ao tempo estimado

    Até 72 horas (compensação bancária da taxa paga) e 20 minutos (entrevista). 


    Para mais informações ou dúvidas sobre este serviço, entre em contato
    Este é um serviço do Polícia Federal . Em caso de dúvidas, reclamações ou sugestões favor contactá-lo.

    Tratamento a ser dispensado ao usuário no atendimento

    O usuário deverá receber, conforme os princípios expressos na lei nº 13.460/17, um atendimento pautado nas seguintes diretrizes:
    · Urbanidade;
    · Respeito;
    · Acessibilidade;
    · Cortesia;
    · Presunção da boa-fé do usuário;
    · Igualdade;
    · Eficiência;
    · Segurança; e
    · Ética


    Informações sobre as condições de acessibilidade, sinalização, limpeza e conforto dos locais de atendimento

    O usuário do serviço público, conforme estabelecido pela lei nº13.460/17, tem direito a atendimento presencial, quando necessário, em instalações salubres, seguras, sinalizadas, acessíveis e adequadas ao serviço e ao atendimento.


    Informação sobre quem tem direito a tratamento prioritário

    Tem direito a atendimento prioritário as pessoas com deficiência, os idosos com idade igual ou superior a 60 anos, as gestantes, as lactantes, as pessoas com crianças de colo e os obesos, conforme estabelecido pela lei 10.048, de 8 de novembro de 2000​


Esta página foi útil para você?
Sim (250) Não (168)