Acessar informações e comunicar-se via rádios EBC

Acessar informações e comunicar-se via rádios EBC " Papo ao Vivo" , " Ponto de Encontro"
Avaliação: Sem Avaliação
Avaliação

O número antes das estrelas é a nota dada pelos usuários que utilizaram o serviço e vai de 1 a 5.
Depois das estrelas, entre parênteses, é a quantidade de usuários que avaliaram o serviço.
Os números são atualizados diariamente.

  • O que é?

    As rádios Nacional da Amazônia e do Alto Solimões, esta última com repetidora localizada em Tabatinga, tríplice fronteira do Brasil, com o Peru e a Colômbia, são as únicas emissoras brasileiras que alcançam regiões isoladas, comunidades ribeirinhas e indígenas.
    As duas transmitem em português na região fronteiriça e possibilitam comunicação ao vivo entre cidadãos que não contam com a telefonia e nem com a internet. A Nacional do Alto Solimões também transmite comunicados e notícias na língua indígena tikuna, para atender à etnia mais numerosa na região. A atuação dessas emissoras é considerada estratégica pelo trabalho de integração de áreas isoladas com todo o País.
    Além de entretenimento e informação sobre os acontecimentos do dia no Brasil e no mundo, as emissoras também fazem prestação de serviços nas áreas de saúde, educação, previdência social e concessão de benefícios e auxílios do governo federal, entre outras.

    --
    Dê sua opinião sobre os serviços e conteúdos ofertados pela EBC e seus veículos de comunicação. Acesse o link https://forms.gle/uHs3cdJMJrWqQ1oPA

    Estamos sempre à disposição. Sua contribuição é valiosa para esta Ouvidoria e muito importante para melhorar a qualidade dos serviços e conteúdos ofertados pela Empresa Brasil de Comunicação.

    Veja nossos contatos na aba Outras Informações

  • Quem pode utilizar este serviço?

    Todos os ouvintes da Região Amazônica, em especial aqueles de áreas isoladas, que se comunicam diariamente com vários programas veiculados pelas duas emissoras como o Ponto de Encontro, o Revista Brasil e o Eu de cá, você de lá.

    Ouvinte ou usuário dos serviços oferecidos.

  • Etapas para a realização deste serviço
    1. Comunicação com as rádios

      O cidadão deverá entrar em contato com as Rádios, via Central do Ouvinte ou por telefone, e-mail ou carta, manifestando sua necessidade de se comunicar e enviar recados.
      A interação com as emissoras via rádio amadores é frequente.

      Canais de prestação

        SMS : 

      WhatsApp: (61) 99674.1568

      Procedimentos de atendimento quando o sistema informatizado se encontrar indisponível

      WhatsApp: (61) 99674.1568

        E-mail : 

      E-mail: centraldoouvinte@ebc.com.br

      Tempo de duração da etapa

      Atendimento imediato
  • Outras Informações
    Quanto tempo leva?
    Não estimado ainda

    Este serviço é gratuito para o cidadão.

    Para mais informações ou dúvidas sobre este serviço, entre em contato

    Empresa Brasil de Comunicação (EBC)

    Rádios EBC  

    Rádio Nacional do Rio de Janeiro -  (21) 2117-6560
    Rádios MEC - Central de Atendimento ao Ouvinte  (CAO)  (21) 2117-6779 / ouvinte@ebc.com.br
    Rádio Nacional FM - (61) 3799-5471 / centraldoouvinte@ebc.com.br
    Rádio Nacional AM de Brasília - (61) 3799-5471 / centraldoouvinte@ebc.com.br
    Rádio Nacional da Amazônia - (61) 3799-5471 / centraldoouvinte@ebc.com.br
    Rádio Nacional do Alto Solimões - (61) 3799-5471 / centraldoouvinte@ebc.com.br

    Envie sua solicitação, elogio, reclamação ou sugestão para a Ouvidoria da EBC por um dos contatos abaixo.

    https://www.ebc.com.br/ouvidoria

    E-mail: ouvidoria@ebc.com.br

    Telefone: 55 61 3799-5244

    Localização da Ouvidoria da EBC

    SCS Q. 08 – Bloco B 50 – 1º Subsolo – Ed. Venâncio 2.000 – CEP 70.333-900

    Horário de funcionamento
    Das 8 às 12 horas e das 14 às 18 horas.

    --

    Dê sua opinião sobre os serviços e conteúdos ofertados pela EBC e seus veículos de comunicação. Acesse o link https://forms.gle/uHs3cdJMJrWqQ1oPA

    Estamos sempre à disposição. Sua contribuição é valiosa para esta Ouvidoria e muito importante para melhorar a qualidade dos serviços e conteúdos ofertados pela Empresa Brasil de Comunicação.


    Este é um serviço do(a) Empresa Brasil de Comunicação S.A. . Em caso de dúvidas, reclamações ou sugestões favor contactá-lo.

    Tratamento a ser dispensado ao usuário no atendimento

    O usuário deverá receber, conforme os princípios expressos na lei nº 13.460/17, um atendimento pautado nas seguintes diretrizes:
    · Urbanidade;
    · Respeito;
    · Acessibilidade;
    · Cortesia;
    · Presunção da boa-fé do usuário;
    · Igualdade;
    · Eficiência;
    · Segurança; e
    · Ética


    Informações sobre as condições de acessibilidade, sinalização, limpeza e conforto dos locais de atendimento

    O usuário do serviço público, conforme estabelecido pela Lei nº 13.460/2017, tem direito a atendimento presencial, quando necessário, em instalações salubres, seguras, sinalizadas, acessíveis e adequadas ao serviço e ao atendimento.


    Informação sobre quem tem direito a tratamento prioritário

    Tem direito a atendimento prioritário as pessoas com deficiência, os idosos com idade igual ou superior a 60 anos, as gestantes, as lactantes, as pessoas com crianças de colo e os obesos, conforme estabelecido pela Lei nº 10.048/2000​.


Esta página foi útil para você?
Sim (29) Não (24)