Acessar conteúdos noticiosos em áudio via satélite ou Portal da Rede Nacional de Rádio (RNR) Você também pode conhecer este serviço como: Voz do Brasil
Última Modificação: 31/07/2019
  • O que é?

    A Rede Nacional de Rádio (RNR) produz e fornece conteúdo jornalístico gratuito para emissoras de todo o Brasil, assim como de países vizinhos. O foco da programação disponibilizada para download das rádios é a prestação de serviços ao cidadão e a divulgação das ações e programas do governo federal (ministérios e demais órgãos). O número de acessos anuais gira em torno de 1,5 milhão.


    A oferta de conteúdos no site www.redenacionalderadio.com.br é permanentemente atualizada e inclui pronunciamentos do presidente da República e de autoridades sobre assuntos de interesse do cidadão, como FGTS, Bolsa Família, Alistamento Militar e ENEM. A distribuição das notícias também é feita via satélite pelo mesmo sinal do programa A Voz do Brasil, chegando a centenas de locais onde não há Internet nem sequer energia elétrica.


    Outra responsabilidade da Rede Nacional de Rádio é convocar as formações de rede obrigatória, em cadeia nacional, para pronunciamento do Presidente da República, ministros e outras autoridades. A RNR distribui, ainda, programas produzidos por órgãos parceiros, como AGU, Embrapa, IBGE, Ministérios da Saúde e Educação.

  • Quem pode utilizar este serviço?

    Emissoras de rádio de todas as regiões, sobretudo do interior do país. Hoje, são cerca de 6 mil rádios cadastradas, aptas a fazer download dos conteúdos disponibilizados, inclusive o programa A Voz do Brasil.

    Para fazer downloads dos conteúdos jornalísticos ofertados pela Radiogência EBC, é necessário acessar a rede de Internet ou

  • Etapas para a realização deste serviço
    1. Acessar por internet o site da Radioagência Nacional

      Para acessar e baixar os conteúdos da Radioagência, visite o site www.redenacionalderadio.com.br

      Canais de prestação

        Web : 

      Acessar o site da Radioagência Nacional

      Tempo de duração da etapa

      Não estimado ainda
    2. Acessar via satélite os conteúdos da Radioagência Nacional

      Como Sintonizar:
      Satélite Digital – STAR ONE C2
      Posição orbital: 70° – Oeste (290° leste)
      Transponder: 2ANC
      Freqüência Central: 3755,5 MHz
      Polarização: Horizontal
      Symbol Rate: 7.500 MSym/s
      Canal: Serviço 1 - TV NBR
      FEC: 2/3


      Modulação: QPSK


      Padrão: DVB-S
      PCR: 8190


      Pid Áudio Rádio: 0257 – Lado Esquerdo, Rede Nacional de Rádio

      Documentação

      Documentação em comum para todos os casos
      • Para sintonizar o satélite conforme descrito na etapa 2, é preciso ter uma antena parabólica com no mínimo 2 metros de diâmetro e
        receptor/amplificador de baixo ruído.

      Canais de prestação

        Presencial : 

      Para sintonizar o satélite conforme descrito na etapa 2, é preciso ter uma antena parabólica com no mínimo 2 metros de diâmetro e
      receptor/amplificador de baixo ruído.

      Tempo estimado de espera Até 30 minutos

      Tempo de duração da etapa

      Não estimado ainda
  • Outras Informações
    Quanto tempo leva?
    Não estimado ainda

    Este serviço é gratuito para o cidadão.

    Para mais informações ou dúvidas sobre este serviço, entre em contato

    www.redenacionalderadio.com.br


    Este é um serviço do Empresa Brasil de Comunicação S.A. . Em caso de dúvidas, reclamações ou sugestões favor contactá-lo.

    Tratamento a ser dispensado ao usuário no atendimento

    O usuário deverá receber, conforme os princípios expressos na Lei nº 13.460/2017, um atendimento pautado nas seguintes diretrizes:
    · Urbanidade;
    · Respeito;
    · Acessibilidade;
    · Cortesia;
    · Presunção da boa-fé do usuário;
    · Igualdade;
    · Eficiência;
    · Segurança; e
    · Ética


    Informações sobre as condições de acessibilidade, sinalização, limpeza e conforto dos locais de atendimento

    O usuário do serviço público, conforme estabelecido pela lei nº13.460/17, tem direito a atendimento presencial, quando necessário, em instalações salubres, seguras, sinalizadas, acessíveis e adequadas ao serviço e ao atendimento.


    Informação sobre quem tem direito a tratamento prioritário

    Tem direito a atendimento prioritário as pessoas com deficiência, os idosos com idade igual ou superior a 60 anos, as gestantes, as lactantes, as pessoas com crianças de colo e os obesos, conforme estabelecido pela lei 10.048, de 8 de novembro de 2000​.


Esta informação foi útil para você?