Notícias

Desenvolvimento

Inaugurada primeira fase do projeto Belém Porto Futuro

Complexo funcionará como polo de desenvolvimento para impulsionar o turismo e o comércio local
Publicado em 13/08/2020 15h42 Atualizado em 13/08/2020 15h45
Inaugurada primeira fase do projeto Belém Porto Futuro

Revitalização da área portuária de Belém proporcionará espaços para entretenimento, cultura e lazer para a população da cidade e para turistas. - Foto: PR

A população de Belém e turistas contam com mais um novo espaço para entretenimento, cultura e lazer. O presidente Jair Bolsonaro inaugurou, nesta quinta-feira (13), a primeira etapa do projeto Belém Porto Futuro, que revitaliza a área portuária da capital paraense. O complexo funcionará como um polo de desenvolvimento para impulsionar o turismo e o comércio local.
A expectativa é que cerca de 8 mil pessoas circulem diariamente pelo local. O empreendimento teve investimentos R$ 34,5 milhões da União. O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, também participou da cerimônia em Belém. “Esta obra é relevante, é importante, é essencial para o desenvolvimento do turismo, para o desenvolvimento do comércio, para se gerar emprego e renda”, disse. 
Segundo ele, o Governo Federal vem trabalhando incessantemente para entregar obras essenciais a população como de saneamento básico, de mobilidade urbana e habitação. “A orientação é: não podemos deixar obras importantes que servem a população serem paralisadas. Porque o verdadeiro patrão da política brasileira, do presidente da república, do parlamento é o povo brasileiro que o elegeu”, afirmou.
“O mais importante, nesse momento, é o fato de que um presidente da República vem percorrendo o Brasil de Norte a Sul, independente de bandeiras políticas ou de palanques eleitorais que são circunstanciais, administrando para o povo brasileiro”.
Em discurso no evento, o presidente Jair Boslonaro destacou a importância da continuidade das obras de infraestrutura, como a inaugurada em Belém, para a economia do país em meio à pandemia do novo coronavírus.
“Desde o início eu já dizia, temos dois problemas pela frente, o vírus e o desemprego e, ambos, devem ser tratados com a devida responsabilidade. Nessa esteira, o governo rolou dívidas, adiantou recursos, compensou perdas de ICMS e de ISS para estados e municípios. Combatemos o desemprego lá atrás. Obras são importantes, sabemos, a vida não tem preço, mas o desemprego leva também a depressão e leva também a doença e a morte”, disse Bolsonaro.
O projeto Belém Porto Futuro é integrado por parque urbano, Praça Futuro e conta com a revitalização da Praça General Magalhães, além de obras periféricas como a implantação de uma ponte para melhorar o tráfego local na região do Belém Porto Futuro e de uma bacia de escoamento de águas pluviais para evitar alagamentos em época de chuvas fortes.

Lazer e sustentabilidade

 

A infraestrutura do Belém Porto Futuro foi planejada levando em consideração a sustentabilidade e a acessibilidade. Foram instalados pontos para uso de energia gratuita e postes de iluminação com lâmpadas de LED. A água da chuva será captada para uso na irrigação e vasos sanitários. Há também sanitários com acesso a pessoas com deficiência, rampas e piso podotátil.
No projeto, há espaço para exposições de artesanatos, shows, teatros, quiosques para a comercialização de comidas e bebidas típicas, áreas para lazer infantil, centro de convenções e estacionamento.
A segurança será garantida com a instalação de posto policial, gradil ao redor do parque e sistema de monitoramento.