Notícias

Coronavírus

Militares estão em campo para combater a proliferação do coronavírus no País

Ações de prevenção e combate à pandemia estão recebendo reforço das Forças Armadas. Atividades de conscientização e desinfecção de localidades estão sendo realizadas
Publicado em 24/03/2020 14h39 Atualizado em 26/03/2020 14h18
Militares estão em campo para combater a proliferação do coronavírus no País

Militares das três Forças Armadas estão ajudando a combater o coronavírus nas cidades brasileiras - Foto: Exército Brasileiro

Dez Comandos das Forças Armadas estão reforçando as medidas de segurança e prevenção contra o novo coronavírus do Brasil. A operação está sendo desenvolvida em todas as regiões do país com o intuito de evitar a disseminação do vírus. São atividades de conscientização da população, desinfecção de rodoviárias, apoio logístico de materiais, segurança sanitária, campanha de vacinação, montagens de barracas entre outras. A ação conta com cerca de 270 viaturas, 59 embarcações, 3 aeronaves e mais de quatro mil e quinhentos militares da Marinha, Exército e Aeronáutica. Toda a operação está sendo coordenada pelo Ministério da Defesa.

Confira as ações por região:

1. Região Norte 

Nos estados do Amapá e Pará, os militares estão realizando ações de conscientização da população sobre os riscos do coronavírus. Além de intensificar as medidas de prevenção, os militares estão apoiando as ações desenvolvidas pelos órgãos de saúde e de segurança pública.

Os militares também estão atuando na campanha de vacinação contra a gripe no Hospital da Força Aérea de Belém (HABE). O público alvo da mobilização neste momento são idosos e trabalhadores da saúde. Ainda no estado do Pará, está sendo organizado material doado pela população local para o acolhimento de moradores de rua.

Entre as ações de destaque estão a fiscalização da travessia de embarcações da Guiana Francesa para o Brasil e a qualificação de novos agentes da Defesa Biológica, Nuclear, Química e Radiológica (DBNQR). Além disso, foram promovidos a inspeção naval e o controle de terminais portuários da Amazônia Oriental, do Maranhão, do Amapá e Agências de Oiapoque para apoiar a fiscalização da região fronteira.

Na Amazônia, estão sendo prestados serviços de controle da fronteira em Bonfim (RR) e Pacaraima (RR).  

2. Região Nordeste

No estado do Maranhão, os militares estão realizando ações de conscientização da população sobre os riscos do coronavírus. Já na Bahia, os militares acompanham a evolução dos casos de contaminação pelo coronavírus envolvendo militares das Forças Armadas e seus familiares. As Forças Armadas também acompanham a situação de Segurança Pública e Sanitária do Estado junto aos órgãos responsáveis. 

Nos estados da Paraíba e Rio Grande do Norte, estão sendo realizadas reuniões de planejamento com os órgãos dos Estados. No estado de Pernambuco, os militares auxiliaram no desembarque de 336 passageiros do navio de cruzeiro que atracou em Recife, no último final de semana.

3. Região Centro-Oeste

Na região dos estados de Mato Grosso (MT) e Mato Grosso do Sul (MS), os profissionais das Forças Armadas realizaram patrulhamento da fronteira da região de Dourados e Corumbá e distribuição de materiais gráficos; montagem de hospital de campanha, em Campo Grande, e de postos de lavagem de mãos.

Os militares também estão realizando inspeções navais com o objetivo de conscientizar a população sobre o coronavírus nos rios de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Em Brasília (DF), foi realizada a desinfecção da Rodoviária do Plano Piloto, local onde se concentra muitas pessoas diariamente. Ações de monitoramento por meios de viaturas com alto-falantes, do Comando de Operações Especiais, foram realizadas no Distrito Federal e nas cidades vizinhas do estado de Goiás.

Os militares das três forças armadas também fizeram ajustes no funcionamento do drive-thru para a campanha da vacinação contra a gripe.

Ainda na capital federal, foi instalado um de posto de triagem nas entradas de todas as Organizações Militares do Comando do Planalto para monitoramento do estado de saúde do efetivo. Além disso, os militares estão dando apoio aos postos de vacinação contra Influenza nas cidades satélites de Ceilândia e Águas Claras

Em Valparaíso de Goiás (GO), cidade próxima a Brasília, foram feitas ações de conscientização da população através de carros de sonorização.  

3. Região Sul

O apoio logístico e de mobilização de materiais teve apoio do Exército Brasileiro nos estados do Paraná, em Santa Catarina e no Rio Grande do Sul. Foram montadas barracas em apoio aos órgãos de saúde nos municípios de Florianópolis, Criciúma, Bento Gonçalves, Bagé e Porto Alegre.

Os profissionais das Forças Armadas doaram sangue para abastecer o estoque na região. A medida é mais uma resposta ao combate ao coronavírus. Uma única doação pode salvar a vida de até quatro pessoas.

O 2º Regimento de Cavalaria Mecanizado instalou barracas em São Borja (RS), em apoio ao Hospital Ivan Goulart, proporcionando segurança sanitária aos agentes de saúde que irão atuar na seção de triagem para o novo coronavírus.

Além disso, foram realizadas limpeza e desinfecção de pontos de ônibus no Rio Grande do Sul (RS), além da fiscalização nos pontos de controles instalados em algumas pontes em Quaraí, Uruguaiana, Santana do Livramento, e apoio de pessoal e material para campanha de conscientização e panfletagem no município de Santiago.

4. Região Sudeste

Nesta semana, em Vitória (ES), militares do 38º Batalhão de Infantaria realizaram atividades de conscientização para combater a disseminação do coronavírus na região e no País. 

No estado de São Paulo (SP), foram instaladas barracas em apoio ao Hospital de Clínicas da UNICAMP para a triagem dos quadros gripais, permitindo atendimento em ambiente aberto e com maior circulação de ar.

Na capital mineira, os profissionais da saúde do Posto Médico de Guarnição estão realizando triagem na entrada do quartel-general da 4ª Região Militar, com objetivo de evitar a proliferação do vírus na capital.  Os profissionais médicos também estão orientando as pessoas que passam em frente ao quartel.

Também foi solicitada a montagem de barracas em apoio aos postos de saúde dos municípios de Três Corações, Sete Lagoas e Itajubá.

No estado do Rio de Janeiro, os militares estão colaborando com a campanha de vacinação contra a gripe.

 

Com informações do Ministério da Defesa