Notícias

Formação

Pró-residência abre inscrições para programas de especialização em saúde da família

Selecionadas receberão recursos para oferecer bolsas de residência em Medicina de Família e Comunidade e multiprofissionais em Saúde da Família
Publicado em 22/01/2020 14h56 Atualizado em 06/02/2020 14h26
Pró-Residência: instituições de ensino já podem inscrever-se nos editais

Por cada profissional em formação, o Ministério da Saúde irá pagar o valor de R$ 3.330,43 - Foto: Marco Santos / Agência Pará

Já estão abertas as inscrições para dois editais do Programa Nacional de Apoio à Formação de Médicos Especialistas em Áreas Estratégicas (Pró-Residência). Por meio da seleção, o Governo Federal vai apoiar financeiramente instituições que desejem ofertar bolsas de residência em Medicina de Família e Comunidade ou multiprofissional em Saúde da Família.

Para apoiar a oferta de novas bolsas, o Ministério da Saúde disponibiliza, neste ano, R$ 20 milhões. Por cada profissional em formação, a pasta irá pagar o valor de R$ 3.330,43. O financiamento das bolsas ocorre ao longo de todo o programa, que tem duração de dois anos. 

A participação está aberta a instituições de ensino municipais, estaduais, distritais e federais vinculadas ao Ministério da Saúde, e privadas sem fins lucrativos. O prazo para inscrição segue até 31 de janeiro e a publicação dos resultados está prevista para ocorrer até 10 de fevereiro no Diário Oficial da União.

A Medicina de Família e Comunidade e a Saúde da Família são especialidades ofertadas pelas instituições de ensino a profissionais de nível superior da saúde, como médicos e enfermeiros, que atuam na Atenção Primária. Conhecida como “porta de entrada” do Sistema Único de Saúde (SUS), a Atenção Primária é a área que cuida e acompanha os problemas de saúde mais frequentes do cidadão, como diabetes e hipertensão, por meio de consultas e exames regulares. 

O apoio financeiro a oferta de bolsas faz parte do Programa Nacional de Apoio à Formação de Médicos Especialistas em Áreas Estratégicas (Pró-Residência). A meta é ampliar o atendimento à população por meio de profissionais de saúde especialistas em prevenção e acompanhamento de doenças mais frequentes nos brasileiros.

Com informações do Ministério da Saúde

Assunto(s): Saúde, Educação