Notícias

Verde Brasil

Peritos dos Estados Unidos chegam a Brasília

Os especialistas em incêndios das Forças Armadas americanas vão ajudar nas investigações para identificar como começou o fogo
publicado 13/09/2019 19h14, última modificação 13/09/2019 19h14
Peritos dos Estados Unidos chegam a Brasília

Os peritos da Guarda Florestal dos Estados Unidos ficam no Brasil por aproximadamente duas semanas para atuar na Operação Verde Brasil, em parceria com o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (IBAMA) e do Instituto Chico Mendes de Conservação de Biodiversidade (ICMBio). 

Seis especialistas em incêndios das Forças Armadas americanas desembarcaram no país, nesta quinta-feira (12), para realizar investigações que ajudem a identificar como o fogo, que atingiu a Amazônia nos últimos meses, teve início. 

Segundo o Comandante Marinho, coordenador do Centro de Operações Conjuntas do Ministério da Defesa, este é mais um apoio internacional que o país receber para ajudar no combate ao fogo. "É mais um reforço que recebemos aí, estrangeiro, no caso, Estados Unidos, para nos apoiar, no caso, os institutos de controle ambiental na peritagem, ou seja, na pesquisa e investigação da origem dos focos de incêndio ou focos de calor", pontuou. 

Nesta sexta-feira (13), os norte-americanos estiveram no Ministério da Defesa para receber informações prévias sobre a ação. Ted Gehr, Mission Director do U.S Agency for International Development (USAID Brazil) afirmou que a equipe traz muito conhecimento. “Toda a equipe tem muita experiência, trabalhando há muito tempo com investigações relacionadas a incêndios pelos Estados Unidos. Alguns deles, inclusive, já estiveram aqui trabalhando com o IBAMA. Eles conhecem os processos muito bem", afirmou.

"Acredito que será uma troca muito enriquecedora e espero que ajude a prevenir incêndios no futuro ou pelos menos mitigar aqueles que estão ocorrendo agora e que estão habilitados a ajudar a parar ou diminuir o fogo que está ocorrendo agora na Amazônia".

Essa parceria entre o Governo Brasileiro e o USAID ocorre há mais de 20 anos. A Operação Verde Brasil é mais um sinal do estreitamento deste relacionamento e permitirá o compartilhamento de lições aprendidas e troca de conhecimentos com relação a mitigar futuros incêndios. 

Apoio estrangeiro

Além dos Estados Unidos, Chile e Israel também colaboraram com a Operação Verde Brasil. Na última quarta-feira (11), bombeiros militares de Israel, que estavam na Região Amazônica se despediram do Brasil. Os israelenses atuaram em patrulhas realizadas em parceria com brigadistas brasileiros do IBAMA, do ICMBIO e do Corpo de Bombeiros de Rondônia e com a equipe de fiscalização e segurança da Polícia Militar Ambiental e do Exército Brasileiro. 

Já os chilenos emprestaram quatro aeronaves, modelo Air Tractor 802, para combate a focos de incêndios na região da Serra do Cachimbo, no Pará. O modelo é para uso exclusivo de combate ao fogo, com capacidade de despejo de até e três mil litros de água e quatro mil quilos de carga.

A Operação Verde Brasil é executada por militares das Forças Armadas, coordenados com órgãos de controle ambiental e de segurança pública, para o combate às queimadas e repressão ao desmatamento da floresta e do garimpo ilegal.

*Com informações do Ministério da Defesa