Notícias

Segurança nas estradas

Operação Rodovida será intensificada no Carnaval

Além do controle nas rodovias, a Polícia Rodoviária Federal vai atuar no combate à exploração sexual infantil. Operação segue até março
Publicado em 08/02/2020 10h00 Atualizado em 07/02/2020 15h25
Operação Rodovida será intensificada no Carnaval

Operação é voltada para fiscalizar o uso de álcool e celular ao volante, ultrapassagens perigosas e falta de uso de capacetes por motociclistas - Foto: Polícia Rodoviária Federal

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) vai intensificar as operações de fiscalização nas rodovias federais durante o feriado de Carnaval. A ação faz parte da Operação Rodovida, que teve início em dezembro do ano passado e segue até o início do mês de março.

A operação é voltada, principalmente, para fiscalizar o uso de álcool e celular ao volante, ultrapassagens perigosas e falta de uso de capacetes por motociclistas. De acordo com o diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal, Adriano Furtado, a fiscalização é um dos processos da Rodovida, que tem também o objetivo de sensibilizar a população para que não façam o uso de álcool. "O recado que a gente passa é que a direção não combina com álcool. Queremos sensibilizar as pessoas efetivamente para que não usem álcool ao dirigir", enfatizou.

Além desse controle, a PRF também vai atuar no combate à exploração sexual infantil, tráfico de drogas e apreensão de armas, entre outros crimes. "Em 2019, tivemos recordes de apreensão de drogas. Foram mais de 350 toneladas de drogas, disso 24 toneladas de cocaína, recorde de apreensão de armas, cigarro, que tá intimamente ligado ao processo de financiamento do crime organizado. E é uma matéria que nós temos uma contribuição muito grande no enfrentamento", afirmou Adriano Furtado.

Operação

A Operação Rodovida abrange as festas de Natal, Ano Novo e Carnaval, e tem como meta reduzir os índices de violência no trânsito. A ação do governo Federal é coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio da Polícia Rodoviária Federal, e fiscaliza 70 mil km de estradas federais que cortam o Brasil.

 

Com informações da Voz do Brasil e da Polícia Rodoviária Federal