Notícias

Fundo do Nordeste

Linha de crédito emergencial atinge R$ 495 milhões

Valor foi contratado até o dia 12 de junho, segundo relatório do Banco do Nordeste
Publicado em 19/06/2020 18h43
Linha de crédito emergencial do FNE atinge R$ 495 milhões

equenos empreendedores podem ter acesso a linhas de crédito de R$ 100 mil ou R$ 200 mil com recursos do FNE. - Foto: Reprodução

A Linha de crédito emergencial do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) já disponibilizou R$ 495 milhões, segundo relatório do Banco do Nordeste. Os recursos fazem parte de uma linha especial do FNE para combater os efeitos da Covid-19 e são destinados às empresas localizadas nos estados da área de atuação da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene).

Os R$ 495.416.154,2 foram divididos entre os estados da Bahia (R$ 102,6 milhões), Pernambuco (R$ 80,9 milhões), Ceará (R$ 65,2 milhões), Paraíba (R$ 2,2 milhões), Maranhão (R$ 40,4 milhões), Rio Grande do Norte (R$ 39,9 milhões), Minas Gerais (R$ 36,8 milhões), Piauí (R$ 36,6 milhões), Alagoas (R$ 21,4 milhões), Sergipe (R$ 18,2 milhões) e Espírito Santo (R$ 10,7 milhões).

As empresas de pequeno porte ficaram com R$ 404,5 milhões, seguida pelas de pequeno médio (R$ 40 milhões), micro (R$ 28,4 milhões), médio (R$ 22,8 milhões) e grande (R$ 100 mil). Os recursos destinados a capital de giro somam R$ 467,8 milhões, enquanto investimentos ficaram com R$ 27,5 milhões. O setor de comércio e serviços já contratou R$ 425 milhões.

Indústria, Turismo e Agroindústria estão, respectivamente, com R$ 46,3 milhões, R$ 20,5 milhões e R$ 3,4 milhões. Para o Programa Micro e Pequenas Empresas (MPE) já foram destinados R$ 432,4 milhões.

A Sudene disponibiliza em seu site todas as informações relativas à linha emergencial do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE), com orientação sobre o caminho para obtenção de recursos e atualização dos valores liberados.

 

Com informações da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste