Notícias

Auxilio

Oito municípios brasileiros recebem R$ 2,9 milhões da Defesa Civil Nacional após desastres

Recursos possibilitarão ações de assistência humanitária no Amapá e a retomada de serviços essenciais à população em sete municípios mineiros
Publicado em 24/03/2020 15h18
Oito municípios brasileiros recebem R$ 2,9 milhões da Defesa Civil Nacional após desastres

Sete cidades de Minas Gerais receberão recursos foram afetadas por chuvas intensas no início do ano - Foto: MDR

A Secretaria Nacional de Proteção e Defesa Civil (Sedec), do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), autorizou, através de portarias publicadas na edição de segunda-feira (23), do Diário Oficial da União, a liberação de R$ 2,9 milhões para o restabelecimento de serviços essenciais à população em sete municípios mineiros e para ações de assistência humanitária no Amapá (AP), em razão de um acidente aquaviário ocorrido no final de fevereiro.

Recursos são destinados a sete cidades de Minas Gerais (MG) afetadas por chuvas intensas no início do ano. São João do Manhuaçu contará com R$ 475,6 mil para restabelecer o tráfego de veículos em vias públicas na área urbana. Já o município vizinho, Santa Margarida, terá aproximadamente R$ 411 mil para intervenções que permitirão retomar o acesso a comunidades rurais e para a reposição de guarda-corpos em pontes.

Também foram autorizados cerca de R$ 168 mil à Prefeitura de João Monlevade, que aplicará os recursos em medidas para restabelecer o trânsito em bairros do município. As cidades de Pedra Bonita e Gouveia receberão, respectivamente, R$ 159,6 mil e R$ 70,5 mil. Ambas vão destinar o auxílio federal a serviços para a retomada do tráfego de veículos em área rural. Por fim, Santana do Manhuaçu terá R$ 59,6 mil para recompor a estrutura de bueiros na cidade.

O município de Contagem receberá mais R$ 744,5 mil para obras de contenção e de pavimentação em localidades atingidas por temporais. É o segundo pedido de recurso que o município tem aprovado pelo MDR. Somado ao primeiro repasse, realizado no início de março, o montante destinado chega a R$ 1,4 milhão. A apresentação de mais de plano de trabalho por município é possível – seja para socorro, assistência e restabelecimento de serviços essenciais à população, seja para ações de reconstrução.

Assistência humanitária

O governo do Amapá está recebendo um aporte de R$ 834,5 mil da Defesa Civil Nacional. Os recursos são para ações de assistência humanitária em decorrência de um acidente registrado no final de fevereiro, no sul do estado, a cerca de 100 quilômetros de Laranjal do Jari.

Estiagem no RS

Também na segunda-feira (23), o MDR reconheceu a situação de emergência em mais oito cidades do Rio Grande do Sul: Amaral Ferrador, Vale do Sol, Rio Pardo, Júlio de Castilhos, Marau, Cerrito, Maçambará e Capão do Cipó. Com eles, chega a 81 o número de cidades gaúchas com registros desse tipo de desastre natural.

A partir do reconhecimento federal , as localidades poderão ter acesso a recursos da União para ações de socorro, assistência e retomada de serviços essenciais à população afetada. O apoio é complementar à atuação dos governos estaduais e municipais.