Notícias

Agricultura familiar

Produtores rurais afetados por seca e estiagem poderão renegociar dívidas

Decisão do Conselho Monetário Nacional considerou alcançar o maior número de produtores rurais prejudicados
Publicado em 14/05/2020 15h17
Agricultor

Decisão beneficia agricultores do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) - Foto: Banco de imagem

Produtores rurais e cooperativas que tiveram prejuízos em decorrência da seca ou estiagem poderão renegociar as operações de crédito que custearam seus investimentos. A autorização,  prevista na Resolução nº 4.802, de 2020,  foi dada nesta quarta-feira (13), pelo Conselho Monetário Nacional (CMN), órgão colegiado presidido pelo ministro da Economia, Paulo Guedes.

Pela resolução, a renegociação das dívidas deve ser feita com recursos de fontes livres. No entanto, a decisão do Conselho foi para facilitar que a transação fosse simplificada e atendesse ao maior número possível de produtores rurais que tenham tido suas atividades prejudicadas por seca ou estiagem e por isso autorizou a renegociação a partir da fonte original de recursos. 

Assim, a renegociação será feita com recursos do Tesouro Nacional no âmbito do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) ou ao amparo de recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Fonte: Com informações Ministério da Economia