Notícias

Pós-internação

Novo Ambulatório de Reabilitação irá tratar pacientes de Covid-19 com sequelas no HU-UFSC/Ebserh/MEC

Serviço conta com equipe de Fisioterapia e profissional de Educação Física e, na segunda etapa, irá atender pacientes de outras especialidades
Publicado em 22/02/2021 16h32
22022021 ala pós-covid hu-ufsc.jpeg

Florianópolis (SC) – Mesmo depois que a infecção por Covid-19 é curada, possíveis sequelas podem permanecer, gerando a necessidade de tratamento posterior. Pensando nisso, o Hospital Universitário Professor Polydoro Ernani de São Thiago (HU-UFSC/Ebserh), vinculado à Rede Ebserh/MEC, conta, a partir de hoje, 22, com um ambulatório específico para atender esses pacientes após a internação, caso precisem de atendimento nas áreas de fisioterapia e educação física. O projeto, que também vai contribuir para o avanço na área acadêmica, com a possibilidade de geração de campo para o ensino e a pesquisa, contou com o apoio da Associação Amigos do Hospital Universitário (AAHU) na organização e destinação das doações utilizadas na aquisição de materiais e equipamentos

Com espaço estruturado e equipado, na fase inicial, o novo serviço vai receber pacientes com sequelas geradas pela Covid-19 e, nas próximas etapas, passará a atender pacientes de outras especialidades: cirurgia bariátrica, transplante hepático, cirurgia vascular e cirurgia oncológica, especialmente a cirurgia de câncer de mama e reconstrução mamária.

Chefe da Unidade de Reabilitação e responsável técnica do ambulatório, a fisioterapeuta Luiza Martins Faria explicou que o programa de reabilitação será uma continuidade do tratamento hospitalar e do acompanhamento ambulatorial, proporcionando uma recuperação integral, com menor incidência de complicações e reinternações, além de estimular o autocuidado por meio da educação em saúde.

Muitas vezes, pacientes que tiveram Covid-19 apresentam alterações motoras, respiratórias, neurológicas e funcionais e o Programa de Reabilitação pretende auxiliar na restauração da saúde desses pacientes. Nesses atendimentos, a equipe contará com um profissional de Educação Física, que também acompanha os pacientes no pré e pós-operatório de cirurgia bariátrica.

"Todos os trabalhadores que fazem parte da equipe de Reabilitação do HU-UFSC/Ebserh/MEC têm o compromisso de potencializar os fatores que trazem qualidade à vida e de oferecer à população uma reabilitação com segurança, pautada nas melhores práticas, baseadas em evidências", disse Luiza Faria. De acordo com a chefe da Unidade de Reabilitação, pessoas que têm redução da funcionalidade, da força muscular dos membros e dos músculos respiratórios e redução do condicionamento cardiorrespiratório poderão receber atendimento nesse ambulatório.

Sobre a Rede Ebserh

O HU-UFSC é filiado à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), estatal vinculada ao Ministério da educação (MEC), criada em 2011, e que atualmente administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Vinculados a universidades federais, essas unidades hospitalares possuem características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a essa natureza educacional, os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.

Com informações do HU-UFSC/Ebserh/MEC