Notícias

ON inova e desenvolve aplicativo com dados da aceleração da gravidade do Brasil

Publicado em 03/11/2021 09h44
site-app-gravimetria.png

Dados de aceleração da gravidade de todo país agora estão disponíveis em um aplicativo inovador interativo desenvolvido por pesquisadores da Coordenação de Geofísica do Observatório Nacional (ON).

A ferramenta, criada pelo Dr. Mauro Andrade e pelo Msc. Daniel Quaresma, está disponível para celulares, tablets e computadores. O app consiste em um mapa eletrônico por meio do qual é possível consultar as informações das estações gravimétricas da Rede Gravimétrica Fundamental Brasileira (RGFB). O aplicativo fornece ainda dados da Linha de Calibração Gravimétrica de Agulhas Negras (LCGAN), implantada no sudeste do Brasil com o objetivo de avaliar e calibrar quantitativamente gravímetros relativos utilizados tanto por instituições acadêmicas como empresas de prospecção gravimétrica.

O ON é a instituição brasileira pioneira em gravimetria, área da Geofísica que estuda as variações da aceleração de gravidade e suas associações às variações da espessura e da densidade da crosta e da litosfera terrestres. Desde 1978, o ON é responsável pela implantação, manutenção, refinamento e extensão da RGFB.

A Base de Dados Gravimétricos do ON (BDG-ON) disponibiliza gratuitamente informações de acesso a centenas de estações gravimétricas terrestres de alta precisão. Esses dados são utilizados em levantamentos gravimétricos conduzidos no Brasil para atender empresas públicas e privadas, laboratórios metrológicos e instituições científicas.

Ao todo, são 508 estações gravimétricas distribuídas por todo o país, para as quais estão disponíveis seus memoriais descritivos, incluindo coordenadas geodésicas, fotos, croquis e descrições, os valores da aceleração da gravidade local e de anomalias da gravidade (Ar-Livre e Bouguer simples). 

A informação gravimétrica é de primordial importância em diversas áreas das ciências da Terra, como por exemplo na Geodésia (estudo da forma e dimensões da Terra), na Geologia (investigação de estruturas geológicas), na Geofísica (prospecção mineral e de hidrocarbonetos, estudos da litosfera) e na Metrologia (realização de padrões locais de força, pressão e viscosidade).

“Esta é uma ferramenta de inovação e transformação digital que complementa a BDG-ON, aumenta a visibilidade institucional do ON e promove de forma positiva sua imagem. As informações fornecidas pelo aplicativo são úteis não somente para as comunidades acadêmicas de geociências, como também para as empresas de prospecção geofísica e as indústrias do setor mineral e hidrocarbonetos (óleo & gás). As informações são usadas ainda pelos laboratórios metrológicos que usam a aceleração da gravidade determinada em seus sítios como uma constante metrológica local”, destacou o pesquisador Mauro Andrade.

O pesquisador ressaltou ainda que os erros ou incertezas das medições de gravidade local pelo ON são muito menores do que aqueles tolerados nas aplicações metrológicas, a ponto de os valores da gravidade serem considerados constantes metrológicas locais.

A ferramenta é voltada para os interessados nos dados da BDG-ON que estão no campo e, portanto, sem acesso a um computador ou à internet, mas com sinal telefônico comum. Pelo app é possível traçar rotas rodoviárias ou aéreas até a estação gravimétrica de interesse; consultar imagens do Google Maps e Google Earth; consultar os tempos previstos para percorrer essas rotas, localizar  hotéis e postos de combustível; saber quais empresas aéreas operam esse trecho etc.