O que é o Casa Verde e Amarela?

O programa reúne iniciativas habitacionais do governo federal para ampliar o estoque de moradias e atender as necessidades habitacionais da população. O Casa Verde e Amarela vai promover o desenvolvimento institucional de forma eficiente no setor de habitação e estimular a modernização do setor da construção e a inovação tecnológica.

ft2_mcmv.jpg

ft3_mcmv.jpg

Regularização e Melhorias

A regularização fundiária inclui medidas jurídicas, urbanísticas, ambientais e sociais que têm por finalidade integrar núcleos urbanos informais ao contexto legal das cidades, assegurando a emissão do título que garante o direito real sobre o lote das famílias com renda mensal de até R$ 5 mil. Já as melhorias habitacionais serão realizadas nas moradias das famílias que residem nesses núcleos, com renda mensal de até R$ 2 mil, que serão selecionadas pelo poder público local de acordo com suas características socioeconômicas e inadequações do seu imóvel.

Financiamentos

O Programa Casa Verde e Amarela reduziu a parcela de spread bancário (diferença entre o valor pago pelo banco aos correntistas e o cobrado nas operações de crédito) pago pelo Fundo aos agentes financeiros operadores do programa, garantindo mais recursos. Os cidadãos interessados devem procurar diretamente as construtoras credenciadas e os bancos operadores.


Saiba o que muda com o novo programa

Entenda a diferença entre o Minha Casa, Minha Vida e o novo Programa Casa Verde e Amarela

Casa Verde e Amarela vai financiar 1,6 mil imóveis, regularizar 2 milhões de moradias e reformar 400 mil até 2024

Casa Verde e Amarela vai financiar 1,6 mil imóveis, regularizar 2 milhões de moradias e reformar 400 mil até 2024

Ação terá o menor juro da história para financiamentos. Solenidade de lançamento ocorreu nesta terça-feira (25), com a participação do presidente Jair Bolsonaro

Em quatro estados, 1.086 famílias recebem novas moradias do Governo Federal

Em quatro estados, 1.086 famílias recebem novas moradias do Governo Federal

Mais de 4,3 mil pessoas no Ceará, Paraná, Rio de Janeiro e Rio Grande do Norte passam a viver em residenciais construídos com investimento de R$ 137,4 milhões

Ainda neste ano, serão publicadas as primeiras portarias para seleção de propostas de regularização fundiária e melhorias habitacionais.

A execução dos serviços e obras será feita por meio de uma linha de financiamento para empresas privadas, que submeterão propostas ao MDR, já com a indicação dos locais. As propostas devem ser apresentadas necessariamente por, no mínimo, duas empresas, sendo uma responsável pelo processo de regularização fundiária como um todo e as demais pelas obras de melhoria habitacional.

O processo de seleção e contratação tem início com a adesão do poder público municipal ou distrital e o preenchimento, pelas empresas, de carta-consulta on-line, que deverá contar também com a anuência do poder público. O link para envio do documento será disponibilizado em breve.

As propostas selecionadas pelo MDR deverão ser apresentadas pelas empresas aos agentes financeiros habilitados para análise de viabilidade técnica, jurídica e econômico-financeira, visando à contratação da operação do financiamento, que será repassado à família beneficiada a valores subsidiados pelo FDS.

Em breve, serão disponibilizados os normativos e o fluxo completo.

Marcas e selos do Programa

O manual de identidade visual do Programa Casa Verde e Amarela é um material de consulta para a aplicação correta de marcas e selos do Governo Federal em banners, folders, cartazes, placas, entre outros. O uso correto dessas marcas ajuda os cidadãos a terem acesso às informações e aos seus direitos sociais.