Idealizado pela Secretaria Nacional de Políticas para as Mulheres (SNPM), o projeto Mais Mulheres no Poder chega para estimular a participação feminina na política e nos cargos de poder e decisão. As ações são voltadas ao pleno exercício da democracia representativa e participativa.

● O Brasil possui mais de 77 milhões de eleitoras. O número representa 52,5% do total de 147,5 milhões de eleitores (Fonte: Cadastro Eleitoral)

● Desse número, 9.204 (31,6%) mulheres concorreram a um cargo eletivo nas Eleições Gerais de 2018. Destas, 290 foram eleitas, um aumento de 52,6% em relação a 2014. O número ainda é muito baixo se comparado ao total de mulheres aptas a votar e a serem votadas

● O ranking de participação de mulheres no parlamento elaborado em 2017 pela ONU Mulheres, em parceria com a União Interparlamentar (UIP), demonstrou que o Brasil ocupa a 156ª posição no que se refere à representação feminina

● 2016: foram eleitas 7.803 vereadoras em todo o país, o que equivale a apenas 13,5% do total das cadeiras das câmaras municipais

● 2016: 1.290 municípios não elegeram uma única vereadora

● Ainda em 2016: mulheres foram eleitas apenas para governar 11,6% das prefeituras do país

● Os municípios governados por mulheres abrangem apenas 7% da população do país e são os municípios com menor densidade populacional e menor renda per capita. Uma clara indicação da dificuldade das mulheres alcançarem os postos mais almejados, também na política

● Mudança geracional: mulheres na faixa 20 a 24 anos representaram 51,2% das candidaturas femininas na última eleição de 2018

Vídeos

Canais de Atendimento

Você pode fazer mais manifestações nos seguintes canais

Reportar erro