Notícias

Medicina

Hucam-Ufes sedia, com sucesso, etapa do Revalida

Hospital foi um dos 13, em todas as regiões do País, que recebeu candidatos para provas práticas de habilidades clínicas
Publicado em 16/07/2021 11h35
Equipe do Revalida no Hucam

Equipe de médicos e gestores do Hucam que participou da organização do Revalida no hospital

O Hospital Universitário Cassiano Antônio Moraes (Hucam-Ufes), da Universidade Federal do Espírito Santo, foi no último fim de semana uma das 13 sedes, em todo o País, para aplicação da segunda etapa do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira (Revalida) 2020. De todos os locais de prova espalhados pelo território nacional, 12 deles, assim como o Hucam, são vinculados à rede hospitalar da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh/MEC).

Aplicado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) desde 2011, o Revalida busca subsidiar a revalidação, no Brasil, do diploma de graduação em medicina expedido no exterior. As referências do exame abordam as cinco grandes áreas da medicina: clínica médica, cirurgia, ginecologia e obstetrícia, pediatria e medicina da família e comunidade (saúde coletiva). O objetivo é avaliar as habilidades, as competências e os conhecimentos necessários para o exercício profissional adequado aos princípios e necessidades do Sistema Único de Saúde (SUS).

Segundo dados do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe), instituição responsável pela aplicação do exame, 2.290 inscritos aprovados na primeira etapa realizaram as provas práticas de habilidades clínicas, aplicadas no sábado e domingo, 10 e 11 de julho, e não houve registro de intercorrências. Com 2.309 inscritos no total, apenas 19 participantes não compareceram às provas, o que representa uma abstenção inferior a 1%. Para o Hucam, foram destinados 180 candidatos, e apenas três não compareceram.

O Inep aplicou o exame em outras 12 cidades brasileiras, além de Vitória: Belém (PA), Brasília (DF), Campina Grande (PB), Campo Grande (MS), Curitiba (PR), Fortaleza (CE), Maceió (AL), Salvador (BA), São Luís (MA), São Paulo (SP), Teresina (PI) e Uberlândia (MG).

"Tivemos uma avaliação sem incidentes. A equipe externa do Cebraspe fez uma excelente avaliação da infraestrutura do Hucam para a realização do Revalida no hospital. Alguns setores do Hucam, além da Gerência de Ensino e Pesquisa (GEP), tiveram participação decisiva nesse processo, com especial atenção à Enfermagem e aos Setores de Infraestrutura, Hotelaria/Limpeza e Vigilância, pois forneceram as condições básicas e essenciais para o sucesso do evento. Foram desenvolvidos todos os esforços para que todos os espaços utilizados fossem encontrados na segunda-feira de manhã nas mesmas condições em que foram recebidos pela GEP na sexta-feira à noite. A avaliação da equipe do Cebraspe foi muito positiva em relação às instalações e envolvimento das instituições (Hucam, Centro de Ciências da Saúde e Instituto de Odontologia da UFES) na organização e implementação do evento", declarou o gerente de Ensino e Pesquisa do hospital, José Geraldo Mill.

Etapas

A divulgação do resultado preliminar da prova de habilidades clínicas será no dia 16 de agosto. Já o resultado final da segunda etapa do Revalida 2020 será publicado em 13 de setembro. O participante aprovado na segunda etapa do Revalida estará apto a prosseguir com o processo de revalidação do diploma junto a uma das universidades parceiras.

Trinta instituições já firmaram termo de adesão ao Revalida 2020. A lista das instituições pode ser acessada no portal do Inep. A relação atualizada das universidades também será disponibilizada no Sistema Revalida, após a divulgação dos resultados finais, para que o participante indique a instituição em que deseja fazer a revalidação do título. Vale ressaltar que a lista passará por atualização, conforme as assinaturas dos termos de adesão. Nesse sentido, cabe ao participante aprovado conferir a relação após a publicação dos resultados finais da segunda etapa, no sistema do exame e no portal do Inep.

Caso o participante reprove na segunda etapa, ele poderá se reinscrever diretamente nessa etapa pelas duas próximas edições do exame. A diretriz é uma novidade do Revalida 2020. Anteriormente, era necessário realizar todo o processo desde o início.

 

Educação e Pesquisa