Notícias

INDUSTRIA

Sudeco empenha R$ 64,2 milhões para financiamento de indústria de papéis em MS

Empreendimento será financiado com recursos do FDCO e deve criar cerca de 164 empregos diretos e indiretos
Publicado em 06/01/2021 18h56 Atualizado em 06/01/2021 19h10
Celulose.jpg

Ilustração

A Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco) autorizou o empenho de cerca de R$ 64,2 milhões em recursos do Fundo de Desenvolvimento do Centro-Oeste (FDCO) para financiamento de uma indústria de papéis em Três Lagoas (MS). A decisão foi aprovada no mês de dezembro de 2020 em reunião da Diretoria Colegiada da instituição.

O recurso será destinado à Unir Indústria e Comércio de Produtos de Higiene LTDA, que instalará a primeira unidade industrial de beneficiamento de celulose de fibra curta do estado. Esse tipo de matéria prima é utilizado, por exemplo, na fabricação de papéis higiênicos, toalhas de papel e guardanapos, categoria de produtos denominada tissue pela indústria.

O valor total do projeto está em torno de R$157,5 milhões, sendo que 40% será viabilizado com os recursos do FDCO. Segundo a empresa, o empreendimento irá gerar 164 empregos diretos e indiretos. A autorização para o empenho garante a disponibilidade do recurso já para 2021.

 O diretor de Implementação de Programas e de Gestão de Fundos, Renato dos Santos Lima, fala sobre a importância da superintendência para a região Centro-Oeste. “A Sudeco tem apoiado todos os estados da nossa região, viabilizando financiamento para os arranjos produtivos locais, através de recursos como os do FDCO. Temos alcançado esse objetivo por meio do diálogo com a iniciativa privada e com os governos estaduais. No estado de Mato Grosso do Sul temos a colaboração da senadora Soraya Thronicke, que tem contribuído com esse processo também”.

Sobre o FDCO

A Sudeco é gestora do FDCO. O Fundo oferece recursos para investimentos em infraestrutura, serviços públicos e empreendimentos produtivos de grande capacidade germinativa de novos negócios e atividades produtivas no Centro-Oeste. O objetivo é promover o desenvolvimento regional, conforme o Plano Regional de Desenvolvimento do Centro-Oeste (PRDCO) e Política Nacional de Desenvolvimento Regional (PNDR). Para isso, oferece condições mais favoráveis que as do mercado, como taxas de juros competitivas e prazos e carências alongadas.

Comunicações e Transparência Pública