Tomada pública de subsídios para revisão de anexos sobre agentes químicos e elaboração de anexo sobre cancerígenos, com impacto nas NRs 9 e 15

Órgão: Ministério da Economia

Setor: ME - Secretaria de Trabalho

Status: Ativa

Publicação no DOU:  30/12/2020 

Abertura: 30/12/2020

Encerramento: 29/01/2021

Resumo

Objetivo

Esta consulta pública objetiva coletar subsídios para a identificação de problemas regulatórios relacionados à revisão de anexos sobre agentes químicos e elaboração de anexo sobre cancerígenos, com impacto na Norma Regulamentadora nº 15 – Atividades e Operações Insalubres e na Norma Regulamentadora nº 09 – Avaliação e Controle das Exposições Ocupacionais a Agentes Físicos, Químicos e Biológicos.

Escopo

A consulta pública para tomada de subsídios visa identificar os possíveis problemas regulatórios, as alternativas existentes e suas repercussões e subsidiar os trabalhos de revisão de anexos sobre agentes químicos e elaboração de anexo sobre cancerígenos, com impacto na Norma Regulamentadora nº 15 – Atividades e Operações Insalubres e na Norma Regulamentadora nº 09 – Avaliação e Controle das Exposições Ocupacionais a Agentes Físicos, Químicos e Biológicos.

Não faz parte do escopo desta consulta a coleta de sugestões sobre a redação de itens e subitens específicos da NR em análise.

Partes interessadas

Empregadores, trabalhadores, governo, profissionais de segurança e saúde no trabalho, inspeção do trabalho, sindicatos e demais entidades representativas.

O que constitui um problema regulatório?

Trata-se de uma situação que gere efeitos negativos na execução de determinada política pública. Geralmente, apresenta-se como um tema que possui diversos fatores implicados e que pode estar relacionado a questões sociais, econômicas, institucionais e administrativas.

O problema deve estar relacionado com as normas de segurança e saúde no trabalho, nos termos do Capítulo V da Consolidação das Leis do Trabalho, para ser alcançado pela esfera de atuação legal da Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia.

Para descrever o problema, observe as seguintes orientações:

- O problema deve ser delimitado de modo claro, evitando-se ambiguidades.

- Deve-se evitar utilizar os seguintes termos na definição do problema: AUSÊNCIA, CARÊNCIA,

OBSOLESCÊNCIA, INSUFICIÊNCIA, FALTA DE CAPACIDADE, INADEQUAÇÃO, DESCOORDENAÇÃO,

BAIXA QUALIDADE, ATRASOS e INEFICIÊNCIA, CONFIABILIDADE, PERDAS, FRAGILIDADE, dentre outros.

- Deve-se evitar descrever o problema como sendo a ausência de uma determinada solução, como por exemplo: “ausência de norma referente ao tema X”; “norma desatualizada”; e “falta de um sistema eletrônico”.

Como participar da consulta?

Para cada problema que se queira relatar, deverá ser preenchido um formulário completo, para que sejam dadas informações precisas e importantes para avaliação pelo governo.

Visão inicial sobre a elaboração dos anexos

Em razão da publicação da Portaria SEPRT n° 6.730, de 09 de março de 2020, que alterou a Norma Regulamentadora nº 01 (NR-01), cuja nova redação abrange não somente as Disposições Gerais para aplicação das demais normas regulamentadoras em segurança e saúde no trabalho, mas também os parâmetros para o Gerenciamento de Riscos Ocupacionais pelo empregador, faz-se necessário considerar o novo conteúdo dessa norma, que se caracteriza como norma geral e estruturante de todas as demais, quando da elaboração de novos textos de normas regulamentadoras a serem expedidos.

Ademais, há que se considerar ainda a revisão de outras normas também classificadas como gerais, quais sejam, a Norma Regulamentadora nº 07 (NR-07) e, de modo especial, a parte principal da Norma Regulamentadora nº 09 (NR-09), cujas redações foram alteradas, respectivamente, pelas Portarias SEPRT nº 6.734, de 09 de março de 2020, e nº 6.735, de 10 de março de 2020. A partir dessa revisão da NR-09, passa a ser definido que as medidas de prevenção e controle das exposições ocupacionais referentes a cada agente físico, químico e biológico são estabelecidas nos seus anexos, decorrendo daí a necessidade da criação de anexo destinado a abordar os agentes químicos (cancerígenos).

Outro aspecto a ser observado neste processo de elaboração de anexos de normas regulamentadoras diz respeito à adequação dos textos normativos à estruturação prevista na Portaria SIT nº 787, de 27 de novembro de 2018.

Conteúdo

- Clique no balão ou no parágrafo que deseja contribuir -

Contribuir em:
Realize o login para contribuir e ver as contribuições
Envie sua contribuição
Informe o título da contribuição
Informe o resumo da contribuição (até 2000 caracteres)
Escolha o arquivo da contribuição. Somente PDF.
 
Contribuições recebidas
QUESTIONÁRIO
1

Qual problema você identifica na elaboração de anexos sobre Agentes Químicos (cancerígenos) para revisão de anexos sobre agentes químicos e elaboração de anexo sobre cancerígenos, com impacto na Norma Regulamentadora nº 15 ? Atividades e Operações Insalubres e na Norma Regulamentadora nº 09 ? Avaliação e Controle das Exposições Ocupacionais a Agentes Físicos, Químicos e Biológicos?

2

Qual o contexto no qual o problema se insere? Isto é, quais as circunstâncias a partir das quais se considera o problema? Qual o ambiente no qual ele está inserido?

3

Quais as consequências do problema? Este problema causa o quê?

4

Quais são as causas ou indutores do problema?

5

Qual a extensão ou magnitude do problema, isto é, onde ele ocorre (localmente, regionalmente, nacionalmente), com que frequência, qual a extensão dos grupos afetados? Quanto o problema afeta sua vida diária?
Em relação aos seguintes atores: empregadores, trabalhadores, governo, sociedade em geral, qual comportamento teria que mudar para que a situação melhorasse?

6

Qual a evolução esperada do problema no futuro caso nada seja feito?

7

Quais as possíveis soluções para resolver esse problema?

8

Por que os anexos sobre agentes químicos devem ser revisados e por que deve ser elaborado anexo sobre cancerígenos, com impacto na NR-09 e na NR-15? Justifique a necessidade de revisão e elaboração dos anexos.
Em relação aos seguintes atores: empregadores, trabalhadores, governo, sociedade em geral, quais os efeitos positivos e quais os efeitos negativos da elaboração pretendida?

9

O que se pode fazer sem a elaboração dos anexos?
Em relação aos seguintes atores: empregadores, trabalhadores, governo, sociedade em geral, quais os efeitos positivos e quais os efeitos negativos da solução não normativa?

10

Se for possível, anexe documentos, estatísticas ou outros materiais que possam esclarecer o problema elencado.

Participe!

Para participar deve estar logado no portal.

Acessar

Contribuições Recebidas

Estatísticas

9 contribuições recebidas
Para ver o teor das contribuições deve estar logado no portal