Coordenação da Farmacopeia Brasileira

Publicado em 21/09/2020 00h00 Atualizado em 03/09/2021 12h45

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária -  Anvisa possui por competência legal promover a revisão e atualização periódica da Farmacopeia Brasileira, conforme disposto no inciso XIX, do artigo 7º, da Lei nº 9.782, de 26 de janeiro 1999. Esta competência compreende ações de regulamentação sanitária e indução ao desenvolvimento científico e tecnológico nacional que se concretizam por meio da revisão e incorporação de novos requisitos nos compêndios e produtos da Farmacopeia Brasileira.

Conforme Resolução RDC nº 467, de 11 de fevereiro de 2021, que institui os colegiados da Farmacopeia Brasileira e aprova o Regimento Interno destes colegiados, a secretaria executiva e o apoio técnico e administrativo aos colegiados da Farmacopeia Brasileira são exercidos pela unidade organizacional da Anvisa que coordena as ações da Farmacopeia Brasileira.

Deste modo, segundo o Regimento Interno da Agência Nacional de Vigilância Sanitária - Anvisa a Coordenação da Farmacopeia – Cofar, unidade organizacional subordinada a Gerência de Laboratórios de Saúde Pública que por sua vez é vinculada à Quarta Diretoria, exerce as seguintes competências:

I - assessorar a diretoria da Anvisa nas ações da Farmacopeia Brasileira;

II - prestar assistência à Farmacopeia Brasileira;

III - encaminhar à diretoria da Anvisa decisões e propostas de atos normativos emanados da Farmacopeia Brasileira

IV - propor diretrizes e procedimentos para elaboração e atualização dos compêndios e produtos da Farmacopeia Brasileira; e

V - cooperar nas ações de vigilância sanitária. 


Servidores:

  • Flávia Neves Rocha Alves - Coordenador
  • Elizabete Regina Viana Freitas
  • Flávia Roberta dos Santos
  • Laís de Fátima Souza França
  • Raquel Lima e Silva
  • Raquel Pereira Guimarães
  • Riviane Matos Gonçalves

 

Técnico em Secretariado:

  • José Milton Coelho