Notícias

Cidadania

800 mil jovens vão receber qualificação profissional

publicado: 01/08/2019 22h37, última modificação: 01/08/2019 22h37
Prioridade é para beneficiários do Bolsa Família
800 mil jovens vão receber qualificação profissional

Robson Braga de Andrade, presidente da CNI e Osmar Terra, ministro da Cidadania Foto: José Paulo Lacerda/CNI

Oitocentos mil jovens do Cadastro Único vão receber qualificação profissional por meio da parceria do Ministério da Cidadania com o Serviço Social da Indústria (SESI) até 2022. Além da qualificação profissional com carga horária de 300 horas, os alunos terão curso de reforço de português e matemática.

O investimento será de mais de R$ 2,3 bilhões em vagas para cursos profissionalizantes nos próximos quatro anos. O ministro da Cidadania, Osmar Terra, ressaltou a importância da parceria entre os setores públicos e privados.

“Estamos construindo uma agenda positiva para o país, inicialmente para a população que mais necessita. Essa parceria inicia um novo ciclo e cria uma nova forma de colaboração do setor privado com o governo”, disse.

 Os jovens serão encaminhados pelo Ministério da Cidadania e as inscrições serão feitas pelo SESI. As vagas serão prioritárias para jovens beneficiários do Bolsa Família que não estejam estudando, nem inseridos no mercado de trabalho formal. O objetivo do acordo é criar oportunidades para quem precisa. Uma das metas do Ministério da Cidadania é a geração de emprego e renda para possibilitar a autonomia das pessoas inscritas no Cadastro Único.

 O presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson de Andrade, explicou que a parceria irá elevar a qualificação dos jovens para atuarem na indústria. “Estamos animados e satisfeitos por estarmos assinando um acordo onde certamente estaremos contribuindo para a construção de um país melhor e mais justo”, afirmou.

Por meio do Plano Progredir, o ministério da Cidadania disponibiliza também cursos de qualificação profissional, criação de currículo, vagas de emprego e informações sobre acesso a microcrédito. Para mais informações, acesse o Portal Progredir. Outras informações sobre os programas do Ministério da Cidadania podem ser encontradas também pela Central de Relacionamento no número 121.

* Com informações do Ministério da Cidadania