Notícias

Ações 2019

Agricultura: setor impulsiona crescimento no Brasil

Confira medidas para fortalecer os produtores
Publicado em 18/12/2019 11h19 Atualizado em 20/12/2019 16h51

O agronegócio brasileiro encerra o ano com novos recordes e conquistas importantes. Mais uma vez, o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil foi puxado pela agropecuária, registrando crescimento de 1,3%. A safra do período deverá ter produção recorde com a colheita de 246,4 milhões de toneladas de grãos – aumento de 1,8% comparado a 2018/2019.

Impulsionado pela pecuária, o PIB do agronegócio também apresentou aumento de 0,58% no primeiro semestre do ano em relação ao mesmo período do ano anterior. A pecuária também foi destaque nas exportações, que atingiu US$ 8,21 bilhões em novembro, a exportação de carnes passou de US$ 1,28 bilhão para US$ 1,56 bilhão, aumento de 22,1%.

Confira ações importantes do governo para o setor:

AgroNordeste

Com o objetivo de alavancar o desenvolvimento da agropecuária na região Nordeste do País, foi lançado o programa AgroNordeste. A iniciativa será implantada em todos os estados nordestinos – 230 municípios beneficiados – e também em parte de Minas Gerais. As ações foram divididas em 12 territórios, com uma população rural de 1,7 milhão de pessoas. O programa vai ajudar o produtor a superar problemas de assistência técnica, comercialização, armazenamento e desenvolvimento da produção e, assim, reduzir as diferenças regionais da agropecuária brasileira.

Saiba mais sobre o programa

MP do Agro

Editada em outubro deste ano, a Medida Provisória (MP) 897, que cria o Fundo de Aval Fraterno (FAF), pode aumentar até R$ 5 bilhões a mais de crédito rural para ajudar os produtores brasileiros. A iniciativa busca, além de aprimorar o crédito rural, ampliar acesso ao financiamento, expandir recursos e reduzir taxas de juros. A proposta pode dar aos produtores garantia solidária para renegociação de dívidas rurais e aumentar a segurança da produção de agronegócios para quem quer investir no Brasil.

Confira mais informações

Abertura de mercados

No último ano, o agronegócio brasileiro avançou para novos mercados e abriu oportunidades de negócio com o mundo todo. As negociações com a China foram destaque e o país foi o que mais abriu as portas para os produtos brasileiros, habilitando estabelecimentos para exportação de carnes, farelo de algodão, leite em pó e queijo. A Arábia Saudita habilitou oito novos estabelecimentos para exportar carne bovina e a Indonésia também abriu mercado para a nossa carne. Já o Kuwait começou este ano a importar o nosso mel.

Saiba mais informações sobre vendas externas do agronegócio

Com informações do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento