Notícias

Aprovado plano anual para apoio à atividade cultural em 2021

Com o documento, a Secretaria Especial da Cultura quer estimular a produção e o acesso aos produtos culturais.
Publicado em 26/04/2021 17h21 Atualizado em 26/04/2021 18h29
Plano Anual

Teatro Amazonas. Manaus/AM Foto: Rafael Zart/Ascom/Cidadania

Para estimular a produção e a difusão de conteúdos culturais, foi aprovado o Plano Anual do Programa Nacional de Apoio à Cultura (Pronac) de 2021.

“O Plano anual do Pronac é o instrumento que informa os critérios e as formas de aplicação dos recursos dos mecanismos de fomento cultural pela Lei federal de incentivo à Cultura.

O objetivo central do plano de trabalho do Pronac, em 2021, é garantir a todos o pleno exercício dos direitos culturais e o acesso às fontes da cultura nacional”, explicou o Secretário Especial da Cultura, Mario Frias.

O Pronac foi instituído pela lei 8.313 de 1991 com o objetivo de captar e canalizar recursos para o setor cultural. A finalidade é estimular a produção, a distribuição e o acesso aos produtos culturais, proteger e conservar o patrimônio histórico e artístico e promover a difusão da cultura brasileira e a diversidade regional.

Plano de trabalho

O Plano Anual do Pronac é integrado pelo Plano de Trabalho Anual do Fundo Nacional da Cultura de 2021 e pelo Plano de Trabalho Anual de Incentivo a Projetos Culturais de 2021.

O Fundo Nacional da Cultura (FNC) é um dos mecanismos do Pronac para captar e destinar recursos para projetos culturais que se comprometam com a descentralização regional, setorial e estética. “Para o Fundo Nacional da Cultura importa, fundamentalmente, estimular a distribuição regional equitativa dos recursos a serem aplicados na execução de projetos culturais e artísticos, claro, com ênfase no contexto pandêmico deste ano”, ponderou Mario Frias.

Segundo o secretário, entre as prioridades para o FNC, em 2021, destacam-se a missão de atenuar, no que for possível, as consequências da Covid-19 na área cultural e ampliar e qualificar o acesso da população brasileira aos bens e aos serviços culturais.

Para receber os recursos do FNC, as políticas, programas e ações deverão, por exemplo, estimular a distribuição regional equitativa dos recursos a serem aplicados na execução de projetos culturais e artísticos; priorizar projetos em áreas artísticas e culturais com menos possibilidade de desenvolvimento com recursos próprios e contribuir para a preservação e proteção do patrimônio cultural e histórico brasileiro.

Plano de incentivo

O Plano de Trabalho Anual de Incentivo a Projetos Culturais de 2021 indica a limitação para admissão de projetos culturais neste exercício:

Áreas /Segmentos Culturais Limites
Artes Cênicas 2.300
Audiovisual 700
Música 1.800
Artes Visuais 700
Patrimônio Cultural Material e Imaterial 300
Museu e Memória 200
Humanidades 1.100

Fonte: Ascom/ Secult