Notícias

Suframa e academia reúnem-se para integração de esforços

Ideia é criar sinergias, trocar experiências e identificar possibilidades de cooperação mútua que possam dar maior efetividade às missões institucionais e alavancar projetos de desenvolvimento no Amazonas e em toda a região.
Publicado em 16/04/2021 09h05 Atualizado em 16/04/2021 18h07

Encontro foi realizado através de videoconferência e terá nova edição no dia 20 de maio (Foto: Layana Rios/Suframa)

Reitores, pró-reitores e representantes de quinze universidades, fundações e centros de ensino do Estado do Amazonas reuniram-se nesta quinta-feira (15) com a Suframa, por meio de videoconferência, com o objetivo de criar sinergias, trocar experiências e identificar possibilidades de cooperação mútua que possam dar maior efetividade às missões institucionais e alavancar projetos de desenvolvimento no Amazonas e em toda a região.

No início do evento, o superintendente Algacir Polsin agradeceu a participação de todos e afirmou que o maior propósito é unir forças, compensar deficiências e produzir mais, a partir da promoção de um calendário de reuniões periódicas em que sejam apresentadas as principais atividades em desenvolvimento pelos órgãos e discutidos pontos de intersecção e apoio mútuo. “Todos esses atores são importantíssimos para ampliarmos e melhorarmos a ligação entre os entes governamentais, o mundo acadêmico e as empresas. Por exemplo, nós, enquanto Suframa, temos um grande potencial de facilitação para que essa relação entre o meio acadêmico e o Polo Industrial de Manaus, bem como com os diversos municípios da nossa área de atuação, seja mais próxima e com resultados mais efetivos para nossa sociedade”, afirmou Polsin.

Durante o encontro, a Suframa também fez uma breve apresentação sobre os principais projetos em andamento na instituição, os quais têm tido como foco, principalmente, o desenvolvimento sustentável, o beneficiamento de matéria-prima regional, a ampliação da capacidade de atração de investimentos e o aprimoramento das cadeias produtivas tanto em escala quanto em qualidade, ao mesmo tempo em que buscam gerar emprego e renda para a população e promover a proteção da floresta.

Nesse sentido, foi sugerido às universidades, fundações e centros de ensino presentes que estudem possibilidades de fazer trabalhos acadêmicos e projetos mais aderentes às diversas demandas dos municípios da área de atuação da Autarquia. “É importante essa interação com as prefeituras municipais de toda a região, porque esses projetos, quando chegarem nas nossas mãos e de outros órgãos, poderão ser usados como importantes instrumentos de atração de investimentos e de disseminação de benefícios para as populações locais”, explicou Polsin.

A reunião contou com a participação da Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Universidade do Estado do Amazonas (UEA), Universidade Nilton Lins, Centro Universitário Fametro, Centro Universitário do Norte (UniNorte), Instituto Federal do Amazonas (Ifam), Faculdade Boas Novas, Fundação Matias Machline, Faculdade de Tecnologia Senac, Faculdade Santa Teresa, Faculdade Salesiana Dom Bosco, Faculdades Idaam, Faculdade La Salle Manaus, Centro Universitário Luterano de Manaus (Ceulm/Ulbra) e Instituto IPDEC. O próximo encontro ficou agendado, previamente, para o dia 20 de maio.

Educação e Pesquisa