Notícias

PARCERIA

Sudeco e GoiásFomento debatem sobre FCO e FDCO

Gestores discutiram a descentralização dos Fundos e seu funcionamento
Publicado em 07/10/2021 16h27 Atualizado em 08/10/2021 15h53
IMG_9866.JPG

Reunião na sede da Sudeco com gestores do Goiás Fomento e ABDE. - Foto:

A Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste (Sudeco) recebeu na manhã desta quinta-feira (07) o diretor presidente da Agência Goiás Fomento, Rivael Pereira, e o secretário executivo da Associação Brasileira de Desenvolvimento (ABDE), José luiz Gordon.

Na ocasião, o superintendente da Sudeco, Nelson Fraga, recebeu os gestores para discutir a descentralização do Fundo Constitucional de Desenvolvimento do Centro-Oeste (FCO) e, ainda, tratar sobre o funcionamento do Fundo de Desenvolvimento do Centro-Oeste (FDCO).

Durante o encontro, foram destacados questionamentos gerais sobre o FCO, suas melhorias e as alterações promovidas na legislação.

“Atualmente temos uma carteira no FCO de mais de R$ 30 milhões e, a partir do final de 2021, pretendemos fazer uma campanha para divulgar a linha de crédito do Fundo, voltada à geração de energia solar na região”.

Segundo Rivael, agora um dos focos da instituição é promover o acesso de pessoas físicas ao crédito do FCO, pois existe na região uma grande demanda no setor. A Agência Fomento pretende fazer um trabalho em cima da linha de financiamento de energia fotovoltaica e assim potencializar ainda mais a utilização do Fundo no estado de Goiás.

O diretor presidente ainda enfatizou o interesse em integrar o FDCO aos serviços da agência financeira, para isso, pretende trazer novos projetos para serem apresentados à Sudeco.

A Goiás Fomento é uma parceira da Sudeco na execução de políticas públicas de desenvolvimento regional, operando com o FCO e oferecendo financiamento aos empreendedores goianos.