Notícias

PÁTRIA VACINADA

Ministério da Saúde entrega mais de 60 mil vacinas de Covid-19 para o Distrito Federal

Doses permitirão ao governo do DF reduzir faixa etária da vacinação, contemplando pessoas com 40 anos
Publicado em 16/07/2021 12h21 Atualizado em 16/07/2021 12h39
BannerSiteVacinasDF.V02.png

A Ministra-chefe da Secretaria de Governo, Flávia Arruda, e o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, estiveram nesta quinta-feira (15/07) no Aeroporto Internacional de Brasília para acompanhar a chegada de mais vacinas para imunizar a população brasileira contra a Covid-19. Ainda no aeroporto, os ministros entregaram 62.250 mil doses ao governador em exercício do Distrito Federal, Rafael Prudente, e ao secretário de Saúde do DF, Osnei Okumoto. Até o momento, mais de 1,9 milhão de doses já foram entregues ao DF pelo Governo Federal.

“À medida que a campanha de vacinação avança, nós temos que nos preparar para enfrentar os desafios de combater a pandemia e garantir uma abertura segura das nossas atividades, seja nas escolas ou nas repartições públicas, para que a economia volte a crescer. O SUS é sim o grande patrimônio da sociedade brasileira!”, afirma o ministro Marcelo Queiroga.

“Essa entrega aqui hoje, inclusive uma recomendação feita pelo presidente Bolsonaro antes de embarcar para São Paulo, traz para todos nós alegria e esperança de dias melhores com o fim da pandemia e o avanço da vacinação. Eu tenho certeza que com a chegada de mais de 62 mil doses para o Distrito Federal, e com a chegada de mais vacina nos próximos dias, nós iremos avançar nessa vacinação, que é o que todos nós mais queremos, e assim possamos retomar a nossa vida, a economia e voltar a viver em paz e com saúde. Agradeço aqui o empenho de todos nessa campanha e vamos avançar cada dia para que a gente alcance 100% da população vacinada até setembro”, enfatiza a minha Flávia Arruda.

“Quero agradecer ao presidente Jair Bolsonaro e ao ministro Marcelo Queiroga. O Distrito Federal também agradece muito ao trabalho exercido pela ministra Flávia Arruda. É uma alegria para nós recebermos essas mais de 62 mil doses, que vão garantir a vacinação de todas aquelas pessoas aqui na nossa capital”, comemora Rafael Prudente.

No total, mais de 4 milhões de doses da AstraZeneca/Oxford, produzidas pela Fiocruz, estão sendo distribuídas nesta semana para todo o País.

Nessa pauta de distribuição, brasileiros que moram em estados que fazem fronteira com outros países terão prioridade na vacinação contra a Covid-19. Em um primeiro momento, os estados do Mato Grosso, Rio Grande do Sul, Paraná e Rondônia receberão doses a mais para vacinar os moradores das fronteiras, contemplando 50% dessa população.

Além das vacinas, o Ministério da Saúde também entrega aos estados e Distrito Federal nos próximos dias mais de 5,3 milhões de seringas e agulhas de 1ml e de 3ml.

Brasil imunizado

Até agora, o Ministério da Saúde já entregou aos estados e DF mais de 153 milhões de doses de vacinas Covid-19. Mais de 119 milhões de doses já foram aplicadas, sendo que mais da metade da população-alvo da campanha já recebeu a primeira dose e quase 20% dos brasileiros já estão totalmente imunizados.

A estratégia de distribuição de vacinas Covid-19 é definida em reuniões entre União, estados e municípios, observando as confirmações do cronograma de entregas por parte dos laboratórios. O objetivo é garantir a cobertura vacinal no tempo recomendado. No caso da vacina da Fiocruz, o intervalo é de 12 semanas.

Com informações do Ministério da Saúde.