Notícias

Governo Federal lança edital de concessão da BR-381/262/MG/ES. Projeto terá mais de R$ 7 bilhões de investimentos

Conhecida pelo elevado número de acidentes, a rodovia deve ter 402 km duplicados. Concorrência está prevista para 25 de novembro
Publicado em 01/09/2021 17h51
editalMGESantt.jpg

Os estados de Minas Gerais e Espírito Santo terão R$ 7,3 bilhões para investimentos e duplicação de mais de 400 quilômetros de pistas com a a concessão rodoviária do sistema BR-381/262/MG/ES

A Ministra-Chefe da Secretaria de Governo, Flávia Arruda, esteve na cerimônia de lançamento do edital, na tarde desta quarta-feira (01/09), no Senado Federal, da qual também participaram Tarcísio Gomes de Freitas, ministro da Infraestrutura, o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, e o governador de Minas Gerais, Romeu Zema. 

Conhecida como “Rodovia da Morte” pelo alto número de acidentes, teve seu edital aprovado pela Agência Nacional de Transportes Terrestres. Os detalhes serão publicados no Diário Oficial da União (DOU) e a licitação tem data prevista para 25 de novembro deste ano.

 

Benefício para todos 

  • Desconto de usuário frequente para quem realiza deslocamentos entre municípios próximos.
  • Estimativa de geração de mais de 100 mil empregos (diretos, indiretos e efeito-renda).
  • Contrato de concessão é de 30 anos.

 

A concessão abrange mais de 670 quilômetros de extensão, envolvendo a BR-381, de Belo Horizonte a Governador Valadares, e a BR-262, entre João Monlevade (MG) e Viana (ES), e beneficiará diretamente diferentes setores produtivos dos dois estados, como pecuária, agricultura, mineração e polos industriais e comerciais. O projeto ainda atenderá o Vale do Aço, importante região composta por siderúrgicas, contribuindo com o setor automobilístico.

Entre as principais obras estão 402 quilômetros de duplicação, 228 quilômetros de faixas adicionais, 131 quilômetros de vias marginais, 130 retornos, 125 correções de traçado, 40 passarelas, pelo menos dois pontos de parada e descanso para profissionais do transporte rodoviário, além do contorno do município de Manhuaçu (MG).

 

Com informações do Ministério da Infraestrutura.