Notícias

SUS MAIS FORTE

Sesai inaugura primeira Unidade Básica de Saúde Indígena no distrito sanitário Alto Rio Juruá (AC)

O secretário especial de Saúde Indígena do Ministério da Saúde, Robson Santos da Silva, esteve na cerimônia de inauguração
Publicado em 20/07/2021 12h33 Atualizado em 20/07/2021 16h34
capa2.jpg

- Foto: Sesai

Mais saúde, qualidade de vida e atendimento humanizado chegam para a população indígena do Distrito Sanitário Especial Indígena (DSEI) Alto Rio Juruá, no Acre. O secretário especial de Saúde Indígena do Ministério da Saúde, Robson Santos da Silva, inaugurou a primeira Unidade Básica de Saúde Indígena (UBSI) do Distrito, em Mâncio Lima (AC), nesta segunda-feira (19). A unidade vai atender uma população de aproximadamente 700 indígenas da etnia Puyanawa das aldeias Ipiranga e Barão.

A UBSI tem consultório médico e odontológico, laboratório de endemias, sala de vacina, farmácia para dispensação de medicamentos com receituários, entre outros. A obra foi construída pela prefeitura municipal de Mâncio Lima, com recurso de emenda parlamentar da deputada federal Jéssica Sales, e doada à Secretaria Especial de Saúde Indígena (SESAI), do Ministério da Saúde.

“Inaugurar um posto de saúde como este é a prova de que a gente está no caminho certo, um trabalho feito em parceria com a prefeitura municipal e com emenda parlamentar. A Sesai garante a manutenção da UBSI, tanto na estrutura física quanto na disponibilização de profissionais de saúde”, afirma o secretário Robson Santos da Silva.

De acordo com a coordenadora do DSEI Alto Rio Juruá, Iglê Monte da Silva, a região do Acre é 98% fluvial. Apesar do território ser amplo, com 69 mil km2, a maioria das aldeias tem população pequena, abaixo do critério mínimo para a construção de uma UBSI no local. Por isso, a maior parte do atendimento é realizado por visita domiciliar em escalas de trabalho que levam oito dias de barco até a aldeia mais distante.

O DSEI conta com uma estrutura de oito Polos Base, uma Casa de Apoio à Saúde Indígena e 340 profissionais de saúde para atender uma população de mais de 18 mil indígenas de 16 etnias, em 162 aldeias.

Expansão

Além da unidade de atendimento inaugurada, mais três UBSI serão entregues em breve, sendo que uma já está em construção e mais duas estão em processo de licitação para atender aldeias com maior densidade populacional.

“O objetivo é trazer um atendimento mais humanizado e de qualidade para a população indígena, aonde poderemos fazer pré-natal, exames preventivos, atendimento médico e odontológico continuado. Além desta UBSI, teremos mais três unidades de atendimentos para serem entregues, estamos trabalhando também para ter mais pontos de referência dentro das aldeias, pois o acesso é bem difícil, as aldeias são bem distantes ”, informa a coordenadora do DSEI Alto Rio Juruá, Iglê Monte da Silva.

A previsão é entregar em breve a reforma do Polo Base de Cruzeiro do Sul, que vai atender nove aldeias da Terra Indígena Katukina e mais duas UBSI na região fluvial dos municípios de Mâncio Lima e Tarauacá. O secretário da SESAI também visitou as instalações do Polo Base Cruzeiro do Sul para conhecer o local e vistoriar as obras de quatro novos Sistemas de Abastecimento de Água (SAA) que serão entregues à população indígena.

Médio Rio Purus

Nesta terça feira, 20, o secretário Robson Santos da Silva visita as instalações do DSEI Médio Rio Purus, no Amazonas, para entregar os certificados do Curso de Atualização de Agentes Indígenas de Saúde (AIS) e Agentes Indígenas de Saneamento (AISAN) e inaugurar o novo sistema de comunicação via rádio que vai interligar todas as aldeias e unidades de atendimento do DSEI.

Cristiane Hidaka
Secretaria Especial de Saúde Indígena
Ministério da Saúde