Notícias

Em reunião na Fiesp, ministro reforça planos para vacinação, testagem e orientações para transportes coletivos

Marcelo Queiroga participou de reunião com o diretor do Comitê da Cadeia Produtiva da Saúde e Biotecnologia da Fiesp nesta segunda-feira
Publicado em 03/05/2021 18h55 Atualizado em 03/05/2021 19h13
manchete_02_ms-03-05.jpg

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, participou, nesta segunda-feira (3/5), de uma videoconferência com empresários, na sede da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), e apresentou as medidas que vêm sendo adotadas para o enfrentamento da pandemia de Covid-19 no Brasil. Queiroga destacou o avanço da vacinação com a chegada de mais doses, o plano de testagem e as orientações que serão direcionadas a usuários de transportes coletivos.
 
O diretor do comitê da Fiesp, Ruy Baumer, apontou a desburocratização do setor de saúde para o avanço e desenvolvimento da indústria nacional e a criação de novas tecnologias.
 
“O Brasil não precisa ser apenas exportador de commodities, também podemos produzir tecnologia de alta qualidade e, para isso, precisamos investir em pesquisas", concordou o ministro.
 
Durante o evento, Quieroga também ressaltou a importância em superar a pandemia para o retorno das atividades. "O povo brasileiro está sofrendo, e nós temos que trabalhar para trazer as respostas que os agentes públicos têm que dar à nossa sociedade através de equipes técnicas que estão empenhadas para trazer assistência à saúde, mas sobretudo para repensar o sistema de saúde brasileiro como um todo, não somente o SUS", pontuou.
 
O ministro reiterou a estrita obediência às medidas não farmacológicas, como o uso de máscaras, a higiene das mãos e o distanciamento social. Quieroga também informou que o ministério vem estudando formas de implementar um esquema de testagem e isolamento de infectados - assim como das pessoas que tiverem contato com o doente -, e orientações para os transportes coletivos.
 
Ministério da Saúde
Saúde e Vigilância Sanitária