Notícias

VACINA PARA TODOS

Ministério da Saúde atinge mais de 265 milhões de vacinas Covid-19 distribuídas para todo Brasil

Avanço da vacinação reflete na ocupação de leitos e na queda da média móvel de casos e óbitos pela doença
Publicado em 15/09/2021 10h38
Ministério-da-Saúde-atinge-mais-de-265-milhões-de-vacinas-Covid-19-distribuídas-para-todo-Brasil.png

Foto: Myke Sena/MS

O Ministério da Saúde alcança, nesta quarta-feira (15), a marca de mais de 265 milhões de doses de vacinas Covid-19 distribuídas aos estados e ao Distrito Federal. O número representa o avanço da campanha nacional de vacinação que já atingiu 88% da população adulta brasileira com a primeira dose. O Brasil está cada vez mais próximo de atingir a meta de imunizar, com as duas doses, os mais de 158 milhões de pessoas acima de 18 anos.

Com a população cada vez mais protegida da Covid-19, as taxas de internações seguem em queda. Assim, os hospitais passam a ter mais condições, infraestrutura e RH disponíveis para receber pacientes com outros problemas de saúde não relacionados à Covid-19. Na última semana, a média de móvel de óbitos, que começou a cair em junho, atingiu o menor número desde o ano passado.

Para que os números de casos e óbitos por Covid-19 caiam ainda mais, é fundamental que a população busque a segunda dose da vacina. É ela que vai garantir a efetividade da imunização estipulada pelas fabricantes.

Vacinação em números

Mais de 139,2 milhões de brasileiros já receberam a primeira dose dos imunizantes. Mais de 75,4 milhões já estão imunizados com as duas doses ou dose única.

O Brasil está entre os quatro países que mais vacinam a população. Mais de 214 milhões de doses de vacinas aplicadas em todo o território nacional, de acordo com a soma das primeiras e segundas doses.

Das doses distribuídas, 101,1 milhões são da Astrazeneca, 94,4 milhões da Coronavac; 65 milhões da Pfizer, produzida pela farmacêutica em parceria com a BioNTech; e 4,7 milhões da Janssen fabricada pela farmacêutica Johnson & Johnson.

Nathan Victor
Ministério da Saúde
(61) 3315-3580 / 2351

Saúde e Vigilância Sanitária