Notícias

A equipe da Alfândega registrou o desembaraço antecipado das vacinas contra Covid 19

Alfândega da Receita em Viracopos implementa "Desembaraço sobre Nuvens" para importações de vacinas

Publicado em 19/05/2021 15h36 Atualizado em 19/05/2021 17h41
Desemb Nuvens

"Desembaraço sobre nuvens" é um procedimento pioneiro de processamento do despacho aduaneiro implantado pela Alfândega de Viracopos para o tratamento das importações de cargas vinculadas ao combate à Covid 19, especialmente vacinas e IFA. A Declaração de Importação é registrada antecipadamente, possibilitando o desembaraço das mercadorias antes mesmo de sua chegada ao aeroporto de Viracopos.

De acordo com o delegado adjunto da Alfândega, auditor-fiscal Camilo Cremonez, o diferencial do procedimento é proporcionar celeridade na liberação de mercadorias, possibilitando previsibilidade na cadeia logística do importador. No caso das vacinas, o procedimento, em última análise, colabora para salvar vidas. 

A Alfândega da Receita Federal em Viracopos (Campinas/SP) já aplicou o procedimento na chegada de vacinas. Confira o vídeo clicando na imagem abaixo:  

 

 

Plantão 24 h para desembaraço de cargas

Além dessa, outras medidas foram adotadas pela Receita Federal em Viracopos, que é o maior aeroporto de cargas do País, a fim de que cargas prioritárias no combate à pandemia não tenham qualquer demora na liberação alfandegária. A alfândega de Viracopos passou a funcionar 24 horas por dia, 7 dias por semana, para situações como essa e outras de maior prioridade. Assim, qualquer que seja o horário de chegada de voos trazendo vacinas ou IFAs, terá atendimento imediato, seja na madrugada, finais de semana ou feriados. No que depender da alfândega da Receita Federal e da concessionária responsável pelo aeroporto (Aeroportos Brasil Viracopos), a carga preciosa para a saúde humana chegará ao Brasil e seguirá imediatamente para seu destino, sem interrupções.

Receita Federal do Brasil: consciente de seu papel em prol da sociedade e da vida humana.