Notícias

Viagens

Turismo pelo Brasil tem aumento no primeiro semestre

publicado: 06/09/2019 21h07, última modificação: 06/09/2019 21h07
Políticas públicas e iniciativas como isenção de vistos estimularam o setor
Turismo pelo Brasil tem aumento no primeiro semestre

Arquivo Foto: Elói Corrêa/GOVBA

Os turistas nacionais e internacionais buscaram mais os destinos brasileiros durante o primeiro semestre deste ano. Entre janeiro e junho, a procura pelo Brasil cresceu 30% em relação aos seis primeiros meses de 2018 segundo levantamento realizado pela agência de viagens online Expedia.

São Paulo, Rio de Janeiro, Brasília (DF), Curitiba, Salvador e Fortaleza estão entre os destinos mais procurados pelos turistas para descansar e desligar da rotina diária atribulada.

O secretário Nacional de Integração Interinstitucional do Ministério do Turismo, Bob Santos, disse que os recentes investimentos do governo na área de turismo estão entre os fatores que incentivaram a busca por destinos brasileiros.

“O Ministério do Turismo nesses últimos sete meses abarcou algumas obras que estavam em fase final de projeto, e abarcou R$ 421 milhões em algumas obras pontuais e estratégicas de modo que podemos dizer que influenciou muito nesse acréscimo de 30% que tivemos”, afirmou Santos.

As ações do governo para reduzir a criminalidade também contribuíram para que mais pessoas viagem e circulem pelo Brasil, de acordo com Bob Santos. “Nos últimos seis meses o índice de criminalidade geral do Brasil baixou 41%. É um número muito expressivo, ainda temos muito a fazer, mas isso já traz uma sensação de segurança muito positiva para o turista, tanto para o doméstico quanto para o internacional”.

Viviane Pio, gerente de suporte de vendas de uma agência de turismo que atua em todo território nacional, contou que a empresa teve um aumento entre 8,5% e 9% na procura por viagens no primeiro semestre. Segundo ela, esse crescimento é uma tendência que vem se consolidando.

“Nos últimos anos têm se mantido numa crescente a procura por turismo e entendemos que o turismo está em definitivo na cesta de consumo do brasileiro. Já temos essa visão de que a viagem de férias está no planejamento do brasileiro”.

Turistas internacionais

A dispensa de visto de entrada no Brasil para norte-americanos, canadenses, australianos, japoneses, determinada pelo governo brasileiro, entrou em vigor no último mês de junho e foi um incentivo a mais para a entrada desses estrangeiros no Brasil para fazer turismo.

Foto: TV Brasil“No mês de junho tivemos acréscimo comparado ao ano passado de 53% de americanos a mais no Brasil. Agora para o final do ano, de passagens compradas, segundo o site Amadeus, que coordena todas essa compras, temos um acréscimo de 125% dos Estados Unidos, 253% a mais do Japão, e 557% a mais do Canadá de estrangeiros chegando no Brasil”, relatou o secretário do Ministério do Turismo, Bob Santos.

E não são apenas os estrangeiros beneficiados pela isenção de visto que buscam o Brasil como destino para o descanso e a diversão. Na terceira viagem ao Brasil o diretor de marketing lituano Gin Joniskis hospedou-se num hostel de São Paulo na primeira semana de setembro.

Ele disse que os brasileiros estão sempre dispostos a ajudar. Já sobre o que o atrai no país, Gin foi enfático. “Amo a cultura, a comida, tenho tentado provar o açaí, que todas as pessoas falam muito. Na verdade, divirto-me com a música da mesma forma”, disse.