Notícias

400 dias

GSI: atuação na nova fase da Operação Acolhida

A Operação Acolhida oferece assistência emergencial aos venezuelanos que entram no Brasil pela fronteira de Roraima.
Publicado em 05/02/2020 15h27 Atualizado em 05/02/2020 19h57
GSI: atuação na nova fase da Operação Acolhida

- Foto: Alexandre Manfrim

 Conheça a ação do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República que se destacou nos 400 dias de governo:

Nova fase da Operação Acolhida

A Operação Acolhida é uma Força Tarefa Humanitária, coordenada pelo Governo Federal, com apoio da Organização das Nações Unidas e entidades sociais para oferecer assistência emergencial aos venezuelanos que entram no Brasil pela fronteira de Roraima.  A Operação é reconhecida pela ONU e a comunidade internacional como um exemplo mundial de atendimento humanitário a imigrantes e refugiados, sendo motivo de orgulho para a sociedade brasileira. A Operação realizou mais de um milhão de atendimentos emergenciais a imigrantes/refugiados em Roraima e já interiorizou mais de 27 mil venezuelanos, desses, 22 mil somente em 2019, para outros municípios brasileiros, contribuindo para a redução dos efeitos do alto fluxo migratório no Estado de Roraima como a sobrecarga dos serviços públicos. Adicionalmente, leva às diferentes localidades do país a mão de obra qualificada, a experiências de vida e a pluralidade de cultura e novo idioma.

Após reconhecer e existência de grave e generalizada violação de direitos humanos no território da Venezuela, o Comitê Nacional para os Refugiados do Ministério da Justiça e Segurança Pública reconheceu a condição de refugiado de vários nacionais venezuelanos. A instrução processual desses casos foi simplificada e beneficia cerca de 38.000 cidadãos daquele país.

 Acesse aqui mais detalhes das entregas dos 400 dias de governo.

error while rendering plone.belowcontenttitle.contents