Notícias

Transporte

Municípios paulistas recebem 180 ônibus do programa Caminho da Escola

A frota faz parte do programa Caminho da Escola, do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação
Publicado em 07/10/2019 18h06 Atualizado em 07/10/2019 18h11
Municípios paulistas recebem 180 ônibus do programa Caminho da Escola

Este ano, 552 ônibus escolares do programa foram entregues em todo o Brasil - Foto: TV Brasil

O Ministério da Educação (MEC) entregou, nesta segunda-feira (7), 180 ônibus escolares para o transporte de estudantes da rede pública de ensino de 144 municípios paulistas. A frota faz parte do programa Caminho da Escola, do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e tem o objetivo de renovar, padronizar e ampliar a frota de veículos escolares. 

Os ônibus têm capacidade para transportar 44 estudantes e são acessíveis com poltronas móveis para embarque e desembarque de alunos com deficiência e mobilidade reduzida. O valor de cada ônibus é de R$ 226,5 mil. 

Cerca de  24 mil alunos serão beneficiados com a frota, caso os ônibus sejam usados em três turnos diários com a capacidade máxima de lotação. Após a entrega dos ônibus, os municípios ficam responsáveis pela administração dos veículos, incluindo a manutenção. A escolha das cidades beneficiadas foi feita pela secretaria estadual de educação de São Paulo (SP).

O ministro da Educação, Abraham Weintraub, destacou que a frota entregue não é do Governo Federal ou dos municípios, mas sim da população que paga os impostos. “O objetivo é devolver para o povo o dinheiro suado dos impostos, para as crianças. É a prioridade”, disse.

O presidente do FNDE, Rodrigo Dias, disse que o Caminho da Escola tem o objetivo de levar um transporte seguro e de qualidade aos estudantes, em especial às regiões rurais e de difícil acesso. “Esse é um programa que vai evitar a evasão escolar, que dará qualidade no transporte para as crianças. São ônibus que têm acessibilidade, e é uma forma de fazer com que na infância e nos primeiros anos dos nossos jovens possamos começar construir um país melhor”, afirmou. 

O prefeito de Araçatuba, Dilador Borges, cidade que recebeu ônibus escolares, discursou no evento e disse que, apesar das dificuldades financeiras enfrentadas pelos municípios, a educação deve permanecer como uma das prioridades. “Estamos vivendo momentos de muita dificuldade de não podermos descuidar da parte mais importante do estado que é a educação”, defendeu. 

Caminho da Escola

Por meio do apoio à aquisição de veículos, o Caminho da Escola tem o objetivo de renovar, padronizar e ampliar a frota de veículos escolares para garantir o acesso seguro das crianças da educação básica às escolas. O programa é destinado aos estudantes da rede pública de ensino.

Este ano, 552 ônibus escolares do programa foram entregues em todo o país. Desde que foi criado, em 2008, o Caminho da Escola destinou mais de 47 mil veículos a municípios brasileiros, sendo a maioria ônibus. 

Transporte Escolar

O FNDE gerencia dois programas na área de transporte escolar: o Caminho da Escola e o Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar (Pnate). Enquanto o primeiro tem modalidades para aquisição de veículos escolares padronizados, o segundo transfere recursos para gastos de custeio como consertos mecânicos, combustível e terceirização do serviço de transporte escolar.