Notícias

SEMANA DA PÁTRIA

Cerimônia de troca da bandeira inicia comemorações da Semana da Pátria

publicado: 02/09/2019 16h11, última modificação: 02/09/2019 16h11
Solenidade teve apresentação da banda da Marinha, desfile militar e exposição de veículos blindados
bandeira

Foto: Valter Campanato / Agência Brasil

A cerimônia da troca da bandeira, neste domingo (1°), marcou o início da Semana da Pátria. Com apresentação da banda da Marinha, desfile militar, exposição de veículos blindados e um sol forte no céu de Brasília, o público acompanhou o evento na Praça dos Três Poderes.

A cerimônia de troca da bandeira ocorre todo primeiro domingo do mês. Em setembro, o evento ficou a cargo da Marinha do Brasil.

A substituição da bandeira ocorre de forma sincronizada. Sob olhares atentos, ao som do Hino Nacional, e com uma salva de 21 tiros de canhão, uma Bandeira Nacional foi hasteada. Somente após ela chegar ao topo do mastro, de 100 metros de altura, a antiga foi arriada ao som do Hino da Bandeira. A bandeira tem 286 metros quadrados e um peso de 96 quilos. A substituição ocorre mensalmente devido ao desgaste sofrido pelo sol e pelo vento.

Foto: Valter Campanato / Agência Brasil

 

Público

Cerca de 200 crianças de escolas públicas e privadas estiveram no evento, que também atraiu turistas e moradores do Distrito Federal. A professora Rosângela Albuquerque levou um grupo de 14 crianças e adolescentes entre 4 e 14 anos que estudam na escola da Igreja Luterana de Taguatinga, no Distrito Federal. “Acho muito importante vir porque faz elas sentirem amor por essa nação, que é o país delas, e aprender a valorização da cidadania”, disse a professora.

A aposentada Odete Saraiva, de 85 anos, mora em Fortaleza (CE) e veio a Brasília com o marido. Ela não perdeu a oportunidade de acompanhar a troca da bandeira. “Eu sempre via pela televisão, tinha muita vontade de participar e achei emocionante. Nosso sentimento de amor à pátria estava muito esquecido e espero que a gente resgate isso”, ressaltou.

Um dos pontos altos da cerimônia foi a apresentação da Banda Marcial do Corpo de Fuzileiros Navais, que arrancou aplausos do público ao tocar um pot-pourri de músicas nordestinas. “Sempre que tocamos essas músicas o público gosta muito, aplaude. Onde se toca uma música nordestina, em qualquer lugar do país, o povo fica feliz”, disse o mestre da banda, Martinhos.

 

Foto: Valter Campanato / Agência Brasil

Exposição e atividades

Além da cerimônia militar, quem esteve na Praça do Três Poderes pode conhecer veículos militares da Marinha e maquetes de navios na “Exposição Permanente da Marinha em Brasília”. As crianças se divertiram com oficinas de bonecos, camas elásticas, tênis de mesa e pintura.

O comando da cerimônia de troca da bandeira é rotativo e a cada mês fica sob responsabilidade de uma força, Exército, Marinha e Aeronáutica, além do Governo do Distrito Federal.