Redução do Custo Brasil

Redução do Custo Brasil

A Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia (SEPEC), em 2019, por meio de parceria com o Movimento Brasil Competitivo (MBC), realizou estudo para calcular o impacto do Custo Brasil, entendido como os custos adicionais incorridos pelas empresas brasileiras em virtude de disparidades e assimetrias do ambiente de negócios nacional em comparação com outros países.

O estudo apontou que essa dificuldade adicional está em torno de R$ 1,5 trilhão, o equivalente, à época, a 22% do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil.

Principais Gargalos Identificados

R$ 1.5 Trilhão em Custo Brasil Calculado
R$ 294 Bilhões em Empregar Capital Humano
R$ 258 Bilhões em Pagamento de Tributos
R$ 204 Bilhões em Dispor de Infraestrutura

Para chegar a esse valor, o governo realizou um mapeamento de 12 áreas, listadas na figura abaixo (Mandala do Custo Brasil), apontadas por especialistas entrevistados durante o estudo como fundamentais para a competitividade do setor empresarial e fez a comparação de cada um desses temas com a média dos países da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE), organização econômica intergovernamental fundada em 1961 para estimular o progresso econômico e o comércio mundial.


Principais Documentos

Entenda o Cálculo


Nota Metodológica com o detalhamento do cálculo.

Acesse

Relatório + Recente


Baixe o relatório de fevereiro de 2021 com os status dos projetos

Download

Dashboard em Tempo Real


 Acompanhe as proposições enviadas pela Sociedade

Acesse

Guia de Elaboração


Documento com orientações sobre como elaborar uma proposição

Download