Notícias

TURISMO

Visitação ao Palácio do Planalto agora conta com interpretação em Libras

A novidade é fruto de um acordo de cooperação técnica entre a Presidência da República e o Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos
publicado 22/10/2019 18h22, última modificação 22/10/2019 18h22
Solenidade do Dia Nacional dos Surdos e Lançamento do Libras Gov

Foto: Alan Santos/PR

No último domingo de cada mês, o horário das 11h40 do Programa de Visitação Pública do Palácio do Planalto será acompanhado por um profissional intérprete de Libras, servidor do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos. Para participar da visita, é necessário realizar o agendamento por meio do portal Visita PR e clicar na opção “11h40 – Português/Libras”. São disponibilizadas 35 vagas que não são exclusivas para pessoas surdas.

As visitas ocorrem aos domingos, das 9h às 13h30, e devem ser agendadas pela internet (clique aqui para agendar). São formados grupos de 35 pessoas, a cada 40 minutos, acompanhados por um profissional de Relações Públicas. O roteiro inclui visita aos Salões Nobre, Oeste e Leste, Sala de Reunião Suprema, Sala de Audiência, Gabinete Presidencial e apresentação das obras de artes.

Libras Gov

Em setembro, o Governo Federal lançou o projeto “Libras Gov - Sinalizando em Língua Brasileira de Sinais os Espaços, Contextos e Expressões Governamentais". O objetivo é possibilitar, via Língua Brasileira de Sinais (Libras), o acesso de cidadãos surdos brasileiros, profissionais intérpretes de Libras, comunidade surda, entre outros, a termos específicos do Governo Federal e a informações relacionadas ao campo dos três poderes que compõem a República Brasileira.

“Nesse projeto, todos terão acesso aos sinais criados por surdos que trabalham no governo e toda a sua equipe. Os surdos têm direito a adentrar às várias áreas do conhecimento. Sim, eles têm esse direito”, afirmou a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, no lançamento do projeto.

O projeto está dividido em etapas. Na primeira delas, foram produzidos vídeos com sinais de batismo relacionados às autoridades e os sinais alusivos às funções do presidente da República, do vice-presidente da República, da primeira-dama, da segunda-dama, de ministros de Estado e do porta-voz, além daqueles relacionados à identificação dos ministérios. Os vídeos estão disponíveis no portal YouTube do Planalto. Em seguida, foram disponibilizados os conteúdos relacionados aos palácios e às residências oficiais - Palácio do Alvorada, Palácio do Planalto, Palácio do Jaburu e Granja do Torto; bem como das tropas - Dragões da Independência, Escolta de Batedores, Batalhão da Guarda Presidencial e Bateria Histórica Caiena.  

O intuito é aumentar o acesso de cidadãos surdos brasileiros, profissionais intérpretes de Libras e de toda comunidade surda às informações oficiais por meio da criação de um glossário do contexto político. “Existia um grupo de pessoas surdas que queria participar da discussão política, acompanhar, tinha interesse nos jornais, mas o Governo Federal não proporcionalizava acessibilidade”, afirmou a secretária Nacional dos Direitos da Pessoa com Deficiência, Priscilla Gaspar.

O Brasil possui duas línguas oficiais: português e Libras. De acordo com dados de 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), existem no país cerca de 10 milhões de pessoas surdas, o equivalente a 5% da população brasileira.