Notícias

SAEB

Saeb já ocorre em todas as unidades da Federação

Logística está dividida nos eixos censitário e amostral. Provas e questionários serão aplicados até 10 de dezembro, para mais de 6 milhões de estudantes
Publicado em 24/11/2021 14h48

Todas as unidades da Federação já iniciaram a aplicação censitária do Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb) 2021. Na última segunda-feira, 22 de novembro, os oito estados que ainda não haviam começado a aplicar as provas e questionários em papel deram início à avaliação. São eles: Amazonas (AM), Maranhão (MA), Mato Grosso do Sul (MS), Minas Gerais (MG), Pernambuco (PE), Rio de Janeiro (RJ), São Paulo (SP) e Sergipe (SE).

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) iniciou a aplicação do Saeb 2021 no dia 8 de novembro. A estimativa é que mais de 6 milhões de alunos participem. A avaliação ocorre até 10 de dezembro, conforme agendamento e cronograma preestabelecido. Pela primeira vez, a logística de aplicação foi dividida em dois eixos: censitário e amostral. Como os procedimentos para a aplicação censitária são mais ágeis, o Inep iniciou os trabalhos com foco no grupo que realizará esse tipo de avaliação.

A programação priorizou as regiões mais distantes e as localidades onde os Correios levariam mais tempo para finalizar a entrega das provas e dos questionários. São Paulo, por exemplo, foi o último estado a receber a avaliação censitária, pelo fato de possibilitar uma logística mais rápida, tendo em vista que a gráfica responsável pelas impressões está localizada na capital paulista.

Todo o processo logístico foi monitorado diariamente pelo Inep, por meio de reuniões com os envolvidos: gráfica, Fundação Cesgranrio (instituição aplicadora) e Correios. A aplicação também é coordenada pelo Instituto.

Saeb 2021 – Cerca de 70 mil escolas, distribuídas entre os 5.570 municípios brasileiros, participarão do Saeb neste ano. As escolas públicas (com mais de dez alunos) de 5º e 9º ano do ensino fundamental e de 3ª e 4ª série do ensino médio serão avaliadas em língua portuguesa e matemática. Essas mesmas etapas da educação básica terão avaliação em formato amostral, nas escolas privadas. Também serão aplicadas provas de língua portuguesa e matemática para o 2º ano do ensino fundamental em uma amostra de escolas públicas e particulares.

O Saeb ainda avaliará, de forma amostral, as áreas de ciências humanas e ciências da natureza no 9º ano do ensino fundamental, em escolas públicas e particulares. Nesta edição, a avaliação da educação infantil, que ocorreu de modo piloto em 2019, será amostral, por meio de questionários eletrônicos aplicados aos secretários municipais de Educação, diretores e professores dessa etapa.

Saeb – Realizado desde 1990 pelo Inep, o Sistema de Avaliação da Educação Básica é uma avaliação em larga escala que oferece subsídios para a elaboração, o monitoramento e o aprimoramento de políticas educacionais. O Saeb permite que os diversos níveis governamentais avaliem a qualidade da educação praticada no País, a partir de evidências.

Por meio de testes e questionários, a avaliação reflete os níveis de aprendizagem demonstrados pelo conjunto de estudantes. Esses níveis são descritos em escalas de proficiência para cada uma das áreas e etapas avaliadas. Os resultados de aprendizagem apurados no Saeb, juntamente com as taxas de aprovação, reprovação e abandono, aferidas no Censo Escolar, compõem o Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

Confira a Portaria do Saeb 2021

Confira a Cartilha do Saeb 2021

Saiba mais sobre o Saeb

 

Assessoria de Comunicação Social do MEC com informações do Inep