Notícias

EDUCAÇÃO SUPERIOR

MEC reúne gestores de TIC para debater transformação digital na era da Educação 4.0

As instituições de ensino tiveram a oportunidade de conhecer e trocar experiências sobre os desafios transversais aliando a educação e tecnologia
Publicado em 04/05/2021 15h36 Atualizado em 05/05/2021 17h24

Para debater os desafios da transformação digital das políticas públicas na era da Educação 4.0, a Subsecretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação do Ministério da Educação (STIC/MEC) reuniu, em evento online, nesta segunda-feira (3), gestores de Tecnologia da Informação e Comunicação das unidades vinculadas e das instituições públicas de ensino superior. O objetivo é traçar diretrizes voltadas às atividades de Governança de Tecnologia da Informação e entender os principais desafios transversais dessas instituições, fomentando a visão de áreas de Tecnologia como entes estratégicos nesse processo.

“Uma das principais pautas que sempre discutimos no ministério é a de como melhorar a governança da tecnologia da informação. Não só na perspectiva do MEC, mas também de suas vinculadas”, afirmou o Secretário-Executivo, Victor Godoy, na abertura do evento. “É importante ressaltar, que a digitalização e desburocratização dos serviços digitais é uma das prioridades desse governo”, complementou.

De acordo com secretário, o MEC tem atuado, em parceria com a Secretaria de Governo Digital do Ministério da Economia, para digitalizar os serviços públicos oferecidos ao cidadão, otimizando o tempo e facilitando o acesso à sociedade. Como exemplo, Victor Godoy mencionou o Diploma Digital de graduação, lançado neste ano. Essa versão do documento, conta com emissão e armazenamento integralmente digitais.

O Secretário de Governo Digital, Luis Felipe Monteiro, também presente no evento informou que, na semana passada, o governo atingiu a marca de 100 milhões de usuários cadastrados no GOV.br, dos quais grande parte é representada por jovens que estão no sistema educacional e fazem partes de programas do MEC.

“Se nós fizermos o trabalho individualmente, o trabalho será muito grande e o avanço será muito pequeno. Mesmo sabendo que ainda há um compartilhamento de soluções tecnológicas entre as instituições, nós precisamos do MEC para coordenar e levar às unidades vinculadas a estratégia de governo digital”, disse Monteiro, enfatizando a necessidade de se estabelecer um modelo de governança integrada.

A reunião que foi mediada pelo Subsecretário de Tecnologia da Informação e Comunicação (STIC), André Henrique dos Santos Castro, também contou com a participação do Secretário de Educação Superior, Wagner Vilas Boas e Secretário de Educação Profissional e Tecnológica, Wandemberg Venceslau.

O subsecretário de TIC reafirmou o compromisso do MEC na coordenação dessas ações, buscando criar oportunidades contínuas juntamente com a rede federal de educação, bem como na atuação integrada junto aos demais ministérios e unidades vinculadas para o fortalecimento da rede. “Com foco no diálogo e cooperação, poderemos unir esforços em prol da educação, usando a tecnologia como instrumento dessa transformação e modernização, buscando ações rápidas em meio à pandemia.”, ponderou no evento.

A reunião também abordou outros assuntos como: O Plano Diretor de Tecnologia da Informação para 2021-2023 do MEC e a convergência de diretrizes; A Rede Aprender, Plataforma de Interoperabilidade e Análise de Dados da Educação; O papel da TI na educação em meio à pandemia; Discussão sobre eventual estratégia da educação digital; Novo modelo operacional da TIC; e Oportunidades tecnológicas e contratações compartilhadas do nicho da educação.

 

Assessoria de Comunicação Social do MEC