Notícias

EDUCAÇÃO SUPERIOR

MEC participa do II Diálogo Ibero-Americano sobre transformação digital na educação superior

O evento virtual foi realizado pela Secretaria-Geral Ibero-Americana e reuniu representantes dos 22 países participantes do espaço ibero-americano
Publicado em 30/09/2021 10h22 Atualizado em 30/09/2021 11h09
Colaboradores: Gabriela Gonçalves

O Ministério da Educação (MEC) participou, na última terça-feira (28), do II Diálogo Ibero-Americano sobre transformação digital na educação superior, realizado pela Secretaria-Geral Ibero-Americana (SEGIB). O evento reuniu representantes dos 22 países participantes do espaço ibero-americano. Representando o Brasil e o MEC, participaram o secretário adjunto de educação superior, Eduardo Salgado; e o coordenador-geral de Assuntos Internacionais da Educação Superior, Adi Balbinot Junior.

O evento foi realizado com o intuito de apresentar a Estratégia Ibero-Americana para a transformação digital da educação superior, resultado de acordo firmado em 2020 na I Reunião de Ministros e Altas Autoridades da Educação Superior do espaço ibero-americano. O momento contribuiu para a promoção dos processos de transformação digital e para maximizar as vantagens que o digital pode trazer para a atividade de instituições e sistemas de ensino superior, com ênfase na melhoria da qualidade, relevância e equidade.

O diálogo foi estruturado com base nos seguintes eixos: a formação de professores e o acesso da comunidade universitária aos recursos para ensino e aprendizagem; a garantia de qualidade da educação virtual; a equidade no acesso e na continuidade dos estudos superior na modalidade não presencial; e a internacionalização da universidade na atual situação de restrição da mobilidade internacional.

Adi ressaltou a importância de ter participado do Diálogo Ibero-Americano: "A participação do Brasil nesse evento é uma importante oportunidade para que o país divulgue as ações que vêm sendo empreendidas, por meio da Secretaria de Educação Superior (Sesu), relativas à digitalização desse nível de ensino ao mesmo tempo em que conhece e se apropria das iniciativas em curso nos demais 21 países participantes do espaço ibero-americano", afirmou o coordenador.

Eduardo Salgado afirmou que “tivemos a oportunidade de apresentar os trabalhos que estão sendo desenvolvidos no âmbito da Educação Superior por parte do MEC no que diz respeito as transformações digitas e os seus impactos, principalmente no que tange a educação à distância. É possível perceber que os trabalhos desenvolvidos e em desenvolvimentos para a expansão do EaD estão alinhados com as Estratégia Ibero-Americana para a transformação digital da Educação Superior”.

 

Assessoria de Comunicação Social do MEC