Notícias

EDUCAÇÃO SUPERIOR

MEC iniciou pagamento da parcela de março da Bolsa Permanência do Prouni já nessa terça-feira, 6

Mais de 3,6 milhões beneficiarão, antes do previsto, 9.043 bolsistas do Prouni.
Publicado em 07/04/2021 20h25

O Ministério da Educação (MEC) jáiniciou o pagamento, nessa terça-feira, 6, de R$ 3.617.200 milhões referentes àparcela de março do Programa Bolsa Permanência do Prouni (PBP-Prouni). O dinheiro jáestádisponível para os 9.043 estudantes que cursam graduação com bolsa integral do Programa Universidade para Todos (Prouni).

O PBP-Prouni éum dos programas de assistência estudantil e promoção da permanência no ensino superior da Secretaria de Educação Superior (Sesu) do MEC. 

Como participar

 Todo bolsista integral do Prouni que estiver matriculado e frequentando um curso presencial que tenha, no mínimo, seis semestres e carga horária média, igual ou superior, a seis horas diárias de aula pode requerer o auxílio do PBP-Prouni. Jápara obter a bolsa integral do Prouni, o candidato deve comprovar possuir renda de atéum salário mínimo e meio por pessoa da família.

 A seleção dos beneficiários do PBP-Prouni érealizada mensalmente, no primeiro dia de cada mês, no âmbito de cada instituição de ensino que participa do Prouni, na qual o bolsista integral estámatriculado. O que determina a participação no programa são as características do curso de graduação, que precisa ser presencial, ter duração mínima de seis semestres e carga horária média igual ou superior a seis horas diárias de aula. 

Cada bolsista do PBP-Prouni  recebe o auxílio de R$ 400 por mês para custear despesas com alimentação, transporte e material didático. O pagamento écreditado, exclusivamente, em conta corrente bancária individual do estudante, cujo número de inscrição no Cadastro de Pessoa Física  (CPF) seja igual ao constante no Sistema Informatizado do Prouni (SisProuni).

 

Assessoria de Comunicação Social do MEC com informações da SESU