Notícias

ALFABETIZAÇÃO

MEC apresenta programas de alfabetização à Secretaria de Educação do Distrito Federal

O sucesso da alfabetização para o futuro da educação foi pauta na reunião
Publicado em 10/10/2021 13h44 Atualizado em 10/10/2021 18h10
Colaboradores: Catarina Chaves

Na última quarta-feira (06), o secretário de alfabetização, Carlos Nadalim, participou de uma reunião na Secretaria de Educação do Distrito Federal (Seduc/DF), com o objetivo de apresentar os principais programas e ações da Pasta, em prol da educação brasileira. Estavam presentes a secretária, Hélvia Paranaguá; a subsecretária de educação básica, Solange Foizer; o deputado federal, Diego Garcia; e representantes da educação do DF.

Durante a reunião, foi pontuado o tema a respeito da importância da alfabetização para o futuro da educação. “O sucesso do ensino fundamental e do ensino superior se dá pelo sucesso na alfabetização.”, comentou a secretária Hélvia.

O secretário Nadalim destacou o programa Tempo de aprender, e aproveitou para agradecer pela parceria com a Secretaria de Educação do DF. “Vou apresentar um programa que considero fundamental, sobretudo durante o período pelo qual estamos passando. O programa se chama Tempo de Aprender. Uma de suas principais ações é o curso Práticas de Alfabetização, que foi gravado em escolas aqui do DF. Expresso, em nome da Sealf, a minha gratidão a todos vocês da Secretaria (...)”.

Para a subsecretária de educação básica, a ampliação dos programas do Ministério da Educação para a rede privada de ensino, foi um passo significativo para a educação do país. “A educação brasileira tem duas redes e as duas redes têm que conversar. Então, quando o MEC entra também na rede privada, faz ressonância na rede pública. Foi fantástica essa abertura.”, relatou Foizer

Com a disponibilização de cursos como o Práticas de Alfabetização, Práticas de Produção de Texto e o Alfabetização Baseada na Ciência (ABC), todos totalmente on-line e gratuitos, a Sealf proporciona aos professores diversos métodos para se aperfeiçoarem e oferecerem o melhor do ensino aos brasileirosEsses cursos estão entre os mais acessados na plataforma Avamec, o ABC, por exemplo, já atingiu mais de 6 milhões de acessos.

Fica evidente, portanto, que o esforço da Sealf em promover a formação e o aperfeiçoamento aos profissionais da educação envolvidos na alfabetização de crianças, jovens e adultos é desfrutado pela comunidade escolar do Brasil.

 

Legendas:

Foto 1: Secretário Carlos Nadalim apresentando os programas da Sealf para representantes da educação do DF.

Foto 2: Deputado Diego Garcia, Secretária Hélvia Paranaguá e Secretário de Alfabetização Carlos Nadalim.

Assessoria de Comunicação Social do MEC com informações da Sealf