Notícias

RECONHECIMENTO

CGU destaca hospitais da Rede Ebserh por elogios recebidos pela atuação frente à pandemia

Cinco unidades vinculadas foram ressaltadas na primeira semana de uma campanha nacional que busca reconhecer a atuação dos profissionais da saúde
ELOGIOS

Estão sendo reunindo mensagens positivas da população para demonstrar gratidão pelo atendimento prestado na área da saúde. Foto: Divulgação/Ebserh


"Estou parabenizando a todos vocês, profissionais da saúde, pela cura de pacientes que estavam com o novo coronavírus. Gostaria muito de abraçar vocês, mas nós não podemos; então estou enviado esta carta. Nós vamos crescer com vida e saúde. Graças a vocês, tudo vai voltar ao normal”. Esse é um exemplo de declaração feita por um usuário do FalaBR (a identidade é mantida reservada por questão de privacidade do cidadão) – plataforma integrada de Ouvidoria e Acesso à Informação da Controladoria-geral da União (CGU), voltada ao Hospital Universitário da cidade de Petrolina (PE), vinculado à Rede Ebserh.

Para estimular a população a enviar elogios e manifestações positivas como esse exemplo acima, direcionada aos profissionais e instituições de saúde no contexto da pandemia, a CGU lançou a campanha “Quem está na linha de frente para cuidar de nossas vidas merece todos os elogios”. Na primeira semana da campanha, cinco hospitais da Rede Ebserh figuraram entre as 13 instituições que registraram elogios pela plataforma FalaBR.

De todos os registros dessa primeira semana, a instituição com maior número de manifestações positivas é da Rede Ebserh: o Hospital Universitário Professor Alberto Antunes (Hupaa-Ufal/Ebserh), localizado em Maceió (AL). Os outros hospitais da rede citados são: Hospital das Clínicas do Recife (HC-UFPE/Ebserh); Hospital Universitário Professor Edgard Santos (Hupes-UFBA/Ebserh), em Salvador (BA); Hospital Universitário de Santa Maria (HUSM-UFSM/Ebserh); e Hospital Universitário de São Carlos (HU-UFSCar/Ebserh).

Para a ouvidora-geral da Rede Ebserh, Savana Dantas, o recebimento de um único elogio tem um grande potencial transformador. “Faz bem para quem registra, já que é uma oportunidade de externar o sentimento de gratidão, e faz bem para quem recebe, já que a sensação, nesse momento, é equivalente a receber um abraço. Esse movimento da CGU é realmente louvável e está alinhado com diversas ações que muitas Ouvidorias da Rede Ebserh já realizam”, ressaltou.

Valorização

A campanha tem como objetivo valorizar e reconhecer o trabalho desafiador dos profissionais de saúde que estão atuando de forma incansável no combate à pandemia da Covid-19. Para isso, a CGU está reunindo mensagens positivas da população para demonstrar gratidão pelo atendimento prestado por enfermeiros, médicos, técnicos e auxiliares da alimentação e limpeza, e de todos os outros profissionais da saúde que neste momento lutam com muita coragem e determinação contra a pandemia disseminada pelo novo coronavírus.

A partir dos elogios enviados para o FalaBR, a CGU pretende transformar em exemplos positivos as experiências de cidadãos que tenham recebido ou usado satisfatoriamente serviços de saúde nos últimos três meses. Dentre os elogios, destacam-se tópicos como: excelência, amor e dedicação no atendimento durante a pandemia; prontidão, carinho e paciência por parte das equipes de atendimento; admiração pelo cuidado das equipes ao colocarem as próprias vidas em risco; cuidado, esforço, profissionalismo e educação das equipes de atendimento; competência, humanidade e humildade dos profissionais; dentre outros.

Quem quiser mandar o seu recado e demonstrar o reconhecimento pelo trabalho de profissionais de saúde e das instituições envolvidas na luta contra o coronavírus, basta registrar sua manifestação pela plataforma FalaBR.

Atuação da Rede Ebserh

Além do apoio ao ensino, formação e capacitação das equipes assistenciais, a Rede Ebserh implementou o Comitê de Operações Especiais (COE) para definir estratégias e ações em nível nacional para o enfrentamento da pandemia. Desde os primeiros anúncios sobre a Covid-19, a Rede Ebserh tem trabalhado em parceria direta com os ministérios da Saúde e da Educação, com participação nos COEs desses órgãos, e tendo como diretrizes o monitoramento da situação no país e em suas 40 unidades hospitalares.

Tem atuado na realização de treinamento de funcionários da Rede, promoção de webaulas, definição de fluxos e instituição de câmaras técnicas de discussões com especialistas. Promoveu processos seletivos emergenciais com a possibilidade de contratação de aproximadamente 6 mil profissionais temporários para o enfrentamento da pandemia

Também disponibilizou R$ 274 milhões para ações contra o coronavírus, recursos do Ministério da Educação (MEC) liberados pela Ebserh de acordo com a necessidade e urgência de cada unidade hospitalar. A verba está sendo utilizada em adequação da infraestrutura, aquisição e manutenção de equipamentos, compra de medicamentos e outros insumos, além de equipamentos de proteção individual.

Em algumas regiões, as unidades da Rede Ebserh têm atuado como hospitais de referência ao enfrentamento do Covid-19, enquanto que em outras, atuam como retaguarda em atendimentos assistenciais para a população, por meio do Sistema Único de Saúde.

Coordenadoria de Comunicação Social da Rede Ebserh com informações da CGU