Notícias

CAPACITAÇÃO

Autores portugueses destacam relevância dos Manuais ABC

Rui Alves e Ana Sucena, mostram as potencialidades brasileiras no ensino da língua portuguesa
Publicado em 30/04/2021 17h35

Os Manuais ABC são dois livros que reúnem parte do conteúdo passado no Curso on-line Alfabetização Baseada na Ciência (ABC). Produzidos pelas equipes portuguesas da Universidade do Porto e do Instituto Politécnico do Porto (IPP), trazem informações teóricas e programas de intervenção prática para a realidade da sala de aula.

Rui Alves, supervisor do produto ‘Alfabetização Baseada na Ciência: Manual do Curso ABC’, junto com a professora Isabel Leite, diz que o material será útil para uma compreensão atual da língua portuguesa e do que é a alfabetização. Ele espera que, ao ter contato direto com evidências científicas, os professores-alfabetizadores brasileiros possam, cada vez mais, desenvolver as qualidades encontradas na ciência, “que se caracterizam pela curiosidade, a pluralidade, análise rigorosa, teste empírico, refutação e revisão do conhecimento”.

Alves lembra que o conhecimento científico é cumulativo, plural, revisionista e vasto. Ele conta que ao produzir o material, procuraram “fornecer nele o essencial para o entendimento atual, científico e moderno do que é alfabetizar em português do Brasil”. Com isso, ele acredita que cada vez mais crianças brasileiras se tornarão hábeis na leitura, na escrita e no seu uso.

Ana Sucena, coordenadora do livro ‘ABC na Prática: Construindo Alicerces para a Leitura’, explica que no mundo lusófono existem poucos programas e materiais de apoio à intervenção dirigidos a crianças com dificuldade na aprendizagem da leitura. Ela conta que o IPP assumiu a missão de contribuir com propostas de intervenções com sustentações científicas, desenhadas para crianças que aprendem a ler em português.

Conforme Sucena, o livro ABC na Prática é uma síntese “de estratégias de promoção de competências e alicerces à aprendizagem da leitura em português, altamente experimentadas e com estímulos rigorosamente selecionados”.

Curso ABC
Parte do Programa Tempo de Aprender, o Curso ABC é resultado da cooperação internacional entre a CAPES, a Secretaria da Alfabetização do MEC (Sealf), a Universidade do Porto, o Instituto Politécnico do Porto e a Universidade Aberta de Portugal (UAb). A capacitação já conta com mais de 173 mil inscritos e está em segundo lugar no Ambiente Virtual do MEC (Avamec), com mais de três milhões de acessos.

Confira a íntegra dos Manuais ABC.

 

Assessoria de Comunicação Social do MEC com informações da CAPES