Notícias

Parceria para reduzir índice de suicídio na população negra

MDH e MS

Os Ministérios dos Direitos Humanos e da Saúde trabalham juntos para que haja  maior interação entre as instituições com o objetivo de incorporarem em suas pautas as perspectivas raciais, de juventude e de prevenção à violência com foco na prevenção ao suicídio. Na última sexta-feira (21/9), o secretário nacional de Políticas de Promoção da Igualdade Racial do MDH, Juvenal Araújo, recebeu representantes do Departamento de Apoio à Gestão Participativa e ao Controle Social do Ministério da Saúde (DAGEP/MS).

Na reunião, o DAGEP apresentou dados oficiais do Sistema de Informação de Mortalidade  do Governo Federal, que apontam o aumento do índice de óbitos de jovens por suicídio.

O grupo analisado foi o de adolescentes de 10 a 19 anos e jovens de 20 a 29 anos. No período registrado entre 2012 e 2016, a proporção de suicídios entre a população negra aumentou em 55,4%, em comparação às demais raças/cores de pele, registrado em 39,0. 

A cada 10 suicídios envolvendo adolescentes e jovens seis ocorreram em negros. No sexo feminino, o risco de suicídio nas adolescentes e jovens negras foi até 36% maior do que nas brancas. Entre os homens, o perigo é ainda maior de até 50% maior do que nos brancos.

Juvenal Araújo acolheu totalmente a pauta e sugeriu uma construção institucional e coletiva com os gestores públicos dos estados e municípios para que façam adesão ao Sistema Nacional de Promoção da Igualdade Racial e tenham mais condições de contemplar as especificidades da saúde integral da população negra dentro de seus planos plurianuais.

“A saúde dos nossos homens e mulheres negras é testada cotidianamente, visto que o tratamento desigual e desumano imposto pelos estereótipos negativos associados historicamente à população negra causam depressão e o alijamento dos ambientes sociais. Temos ainda o cuidado com doenças específicas como, anemia falciforme e aumento pressão arterial”, ressalta.

Contatos úteis:

Centro de Valorização da Vida – CVV

Telefone: 188 (ligação gratuita) ou www.cvv.org.br para chat, Skype e e-mail.

Serviços de Saúde

CAPS e Unidades Básicas de Saúde

(Saúde da família, Postos e Centros de Saúde).

Emergência

SAMU 192, UPA, Pronto Socorro e Hospitais

Reportar erro